Quando usada corretamente, a mídia social pode ser um recurso poderoso para o ministério de evangelismo da sua igreja e uma ótima maneira de manter os membros atuais conectados à sua igreja durante a semana. 
Se você está procurando aumentar a presença social de sua igreja, mas não sabe por onde começar, separamos orientações para tornar o processo o mais simples possível.

POR QUE É IMPORTANTE PARA AS IGREJAS USAR A MÍDIA SOCIAL?

Com as pessoas gastando tanto tempo nas redes sociais diariamente, é mais importante do que nunca que as igrejas tenham uma forte presença social. 
As igrejas que são ativas nas redes sociais podem espalhar mensagens positivas de amor e esperança dentro de um espaço muitas vezes escuro. Ao postar conteúdo compartilhável, você pode alcançar pessoas sem igreja no momento em que elas mais precisam.
A mídia social é uma ótima maneira de promover e divulgar sua igreja. Muitas pessoas novas que procuram ativamente a igreja, muitas vezes checam as páginas de mídia social da igreja antes de planejar uma visita pessoal ou assistir a um culto online. Se gostarem do que vêem, ficarão mais inclinados a participar de uma experiência de adoração. 
Se sua igreja está lutando para manter as pessoas engajadas durante a semana, o social também pode manter os membros atuais sentindo-se conectados e animados com os próximos eventos ou cultos de domingo.
Além disso, ter contas de mídia social ativas é útil para SEO orgânico e direcionar backlinks para o site da sua igreja. As listagens de mídia social criam backlinks para seu site. Como resultado, ter mais perfis sociais ocupa mais espaço nos resultados de pesquisa quando um usuário pesquisa sua igreja pelo nome, o que é bom para o gerenciamento da reputação da marca. 
O Google também costuma inserir perfis sociais nas listagens do GMB no painel de conhecimento, o que é importante para o SEO local.

QUE CANAIS SOCIAIS A MINHA IGREJA DEVE USAR?

Embora seja melhor ter tantos perfis de mídia social ativos quanto possível, é importante manter metas realistas. Se você não acha que sua igreja pode permanecer ativa em todas as plataformas, recomendamos começar aos poucos e aumentar lentamente sua presença social ao longo do tempo. 
Se você é novo nas mídias sociais, recomendamos a criação de contas sociais pelo menos no Facebook e Instagram. Essas plataformas são muito amigáveis ​​e facilitam o compartilhamento de conteúdo, mesmo se você tiver recursos limitados.
Se você é capaz de criar conteúdo de vídeo de alta qualidade ou postar sermões online, o YouTube também é um ótimo canal para iniciantes. Como o YouTube é propriedade do Google, enviar vídeos do YouTube e otimizá-los para SEO pode ajudar a impulsionar as classificações orgânicas da sua igreja. 
Embora o Twitter facilite a interação com os usuários, recomendamos usar o Twitter apenas se sua igreja tiver alguém dedicado a ser capaz de responder rapidamente aos usuários. O LinkedIn também é útil para alcançar talentos em potencial que podem querer trabalhar em sua igreja.

COM QUE FREQUÊNCIA MINHA IGREJA DEVE ESTAR POSTANDO?

Em geral, as igrejas devem postar no Facebook e Instagram de 2 a 4 vezes por semana. No entanto, quando se trata de stories, você pode postar diariamente. No Twitter, recomendamos tweetar algumas vezes ao longo do dia. Os vídeos no YouTube podem ser postados com menos frequência, enviando um novo vídeo uma vez ou duas vezes por semana.

QUE CONTEÚDO MINHA IGREJA DEVE ESTAR POSTANDO?

Em vez de apenas postar conteúdo aleatoriamente, você deve ter em mente uma estratégia baseada em seus objetivos e público-alvo. Uma maneira de fazer isso é ter um calendário de conteúdo onde você pode planejar cuidadosamente suas postagens. 
Todo o seu conteúdo deve refletir o tom e a missão da sua igreja.
Dependendo da plataforma, você deve postar diferentes tipos de mídia. Por exemplo, no Facebook, você pode compartilhar artigos ou postagens de blog, além de outras formas de conteúdo, enquanto no Instagram ou YouTube você deseja postar conteúdo visual. Abaixo está uma inspiração para os tipos de postagens:

  • Citações bíblicas
  • Pedidos de oração ou compartilhamento de pedidos de oração de outros
  • Vídeos e fotos dos serviços religiosos de sua igreja
  • Testemunhos de membros da sua igreja
  • Mini postagens devocionais diárias
  • Vídeos de adoração em sua igreja
  • Boas fotos de sua igreja servindo à comunidade
  • Destaques em diferentes líderes
  • Promos da série de sermões
  • Eventos especiais e atualizações positivas
  • Postagens de blogs de sua igreja ou outros líderes de pensamento
  • Recomendações de livros cristãos
  • Acompanhamento de perguntas de sermões

OLHE OS DADOS

Em vez de apenas adivinhar quais tipos de postagem seus seguidores desejam ver, você pode aproveitar as vantagens das análises fornecidas nos canais de mídia social para empresas. YouTube, Twitter, Facebook e Instagram oferecem excelentes ferramentas para que as igrejas possam ver uma análise de seus dados em postagens e vídeos para ver as principais métricas, como curtidas, compartilhamentos, salvamentos, visualizações e comentários. 
Se uma determinada postagem no Instagram ou Facebook recebeu mais engajamento do que suas outras postagens, você pode investigar mais para ver por que isso pode ter sido o caso e replicar em postagens futuras. Por exemplo, talvez você tenha postado um pequeno vídeo de sermão quando normalmente posta fotos estáticas no Instagram. Seguindo em frente, você deve tentar postar mais vídeos. Recomendamos revisar suas análises sociais no final de cada semana e mais profundamente uma vez por mês.

CONHEÇA O SEU PÚBLICO

Ao postar nas redes sociais, você deve sempre ter em mente o público que está tentando alcançar. Uma vez que sua igreja tenha suas contas principais de mídia social, recomendamos a criação de contas separadas dedicadas a públicos mais específicos. Por exemplo, criar uma conta no Instagram dedicada especificamente ao Ministério Juvenil é uma ótima estratégia para se conectar melhor com os usuários mais jovens. 

MANTENHA AS INFORMAÇÕES ATUALIZADAS

Uma das coisas mais importantes para as igrejas é se manterem atualizadas em suas informações de contato nas redes sociais. Se um usuário descobrir sua igreja por meio de sua página de mídia social, ele precisará facilmente entrar em contato com a igreja ou visitar o site para obter mais informações. 

POSTAGENS DE REFORÇO

Se a sua igreja deseja alcançar mais pessoas nas mídias sociais e maximizar as metas de crescimento online, uma ótima opção é por meio de postagens otimizadas e mídia paga. Ao impulsionar uma postagem em plataformas como Instagram e Facebook, sua igreja pode atingir mais pessoas do que organicamente. Esta é uma ótima opção se você deseja maximizar o crescimento da mídia social da sua igreja.

EXECUTAR CAMPANHAS DE PUBLICIDADE PAGAS

Se você nunca fez uma campanha de publicidade paga no Facebook/Instagram, pode facilmente terceirizar esse trabalho para especialistas em publicidade digital. 

ENVOLVA-SE COM OS USUÁRIOS E OUTRAS CONTAS

Uma das melhores estratégias para expandir seu alcance nas mídias sociais e se conectar melhor com seus seguidores é se envolver com usuários e outras contas de mídia social. Quando um usuário lhe envia uma mensagem privada, comentários em sua postagem ou vídeo, tweeta sobre você ou menciona você em sua história, é importante responder o mais rápido possível. Plataformas sociais como Instagram e Facebook recompensam contas que interagem fortemente com seus seguidores.
Além de responder aos usuários que se envolvem com a conta de sua igreja, também é importante interagir com outras contas em suas postagens. 

UTILIZE HASHTAGS

Hashtags são uma ótima estratégia para aumentar seu alcance nas mídias sociais para poder atingir novas pessoas para fazer sua igreja crescer. As pessoas podem seguir e pesquisar por hashtags nas redes sociais os tópicos de seu interesse.
Tradução e adaptação do artigo “Social Media for churches: the ultimate guide”.