Escola dominical

Escola dominical

Escola dominical
5 (100%) 1 voto

Desde pequenos somos ensinados que a escola dominical é muito importante para nossas vidas, já que teremos sempre o aprendizado da bíblia presente.

Já se perguntou como historicamente a escola dominical surgiu? Foi nos tempos de Cristo? Algum mandamento da bíblia determina alguma época? Veremos agora como a EBD foi criada e para que ela serve nos dias atuais.

Escola dominical

Em 1780 no período pós-industrial da Inglaterra, a cidade de Gloucester era uma das mais importantes do país na época pois possuía uma indústria de tecelagem que gerava muitos empregos para diversas pessoas, isso fazia com que todas as que trabalhavam no campo se mudassem para a cidade em busca de um trabalho melhor e qualidade de vida superior do que as que tinham no campo.

Porém existiam pouquíssimas pessoas que eram realmente ricas na cidades e sua grande maioria eram muito pobres, essa diferença resultava em um grande avanço na criminalidade local. Como não existia igreja nessa cidade, as crianças não tinham muito o que fazer nos dias em que não estivessem trabalhando, pois trabalhavam 12 horas por dia, seis dias na semana, então elas recorriam a assaltos e saques pela cidade já que eram analfabetas e não possuíam recursos para melhorar de vida.

Robert Raikes que era morador daquela cidade, herdou a Imprensa Raikes de seu falecido pai e dedicou a sua vida em sua carreira de escritor e jornalista para ver como eram a vida dessas pessoas e o que poderia ser feito para mudar a situação da cidade.

Raikes se preocupava muito em melhorar as condições das prisões daquela cidade que eram precárias, para conseguir trabalhar nos criminosos que foram presos retornarem à sociedade diferentes e sem as práticas antigas. Com base em estudos feitos ele descobriu que como as crianças eram abandonadas pelos pais para trabalharem e suas atividades diárias, inclusive aos domingos, eram um estímulo à prática de crimes como, roubos, brigas, depredações de propriedades e tornavam as ruas perigosas com suas presenças.

Escola bíblica dominical

Com suas convicções religiosas, Robert Raikes fundou uma escola que funcionava somente aos domingos e apenas para crianças e jovens, o livro de estudos era a bíblia e ele os ensinava os mandamentos de Deus, cantavam louvores a Cristo e ministrava além da palavra do Senhor os bons modos de comportamento moral e civil.

Para o plano de Raikes funcionar ele procurou senhoras cristãs com um sentimento igual ao seu, de profunda caridade e amor pelas pessoas para que visitassem os diversos bairros da cidade e pedissem a aprovação dos pais das crianças e jovens para a escola dominical.

De 1780 a 1783 foram fundadas sete escolas somente na cidade de Gloucester, cada uma com a média de 30 alunos. Neste ano inclusive Robert fez uma publicação nos jornais sobre a mudança de vida que essas crianças e jovens obtiveram neste período de três anos.

O efeito da criação das escolas bíblicas dominicais foi tão imenso que em 1792, doze anos após a inauguração da primeira escola, não existia um réu para ser condenado por nenhum crime na cidade de Gloucester quando na época a média era de 50 a 100 pessoas sendo condenadas.

Em pouco tempo as igrejas da Inglaterra souberam da escola dominical e seus efeitos na sociedade que espalhou para todas as igrejas do mundo.

Mais à frente a EBD como é conhecida nos dias atuais, foi se adaptando para permitir o ensino de adultos e dividiram os estudos de forma que fosse separado por faixa etária, não como era antigamente quando todas as idades aprendem as mesmas informações.

Em 1908 o Comitê de Lições Internacionais enviou para a Convenção de Louisville um subcomitê para criar as lições e administrar a direção que elas seguiram, dividindo o aprendizado para iniciantes, especialistas, crianças e adultos de todas as idades. A divisão era feita da seguinte forma: Principiantes (4 e 5 anos), Primário Elementar (6 a 8 anos), Primário Superior (9 a 12 anos), Intermediário (13 a 16 anos), Superior (17 a 20 anos) e Adultos (20 anos em diante).

Nos dias de hoje a EBD é considerada como a maior escola do mundo pelo fato dela ter os mesmos ensinamentos em todos os países, formatos de ensinos iguais e que se atualizam constantemente. Esse motivo já seria uma grande razão para a EBD ser a maior escola do mundo, mas outro fator principal é que o estudo dela é contínuo durante toda a vida, desde criança até a terceira idade os estudos acontecem e sempre se renovam e atualizam.

Cada igreja possui autonomia para criar a grade de matérias e a forma que serão ministradas as aulas. Os professores ensinam de acordo com o material que é cedido pela igreja e conversa com os alunos sobre os mais diversos temas. Nas Assembleias de Deus por exemplo, as grades são trimestrais e o material de estudo são as revistas obtidas através da editora CPAD, cada domingo é uma lição diferente e também fornece passagens bíblicas para todos os dias da semana de acordo com o tema que foi estudado.

O formato de estudo da escola bíblica dominical é continuada, ou seja, o aluno nunca irá se formar, ele sempre irá estudar e aprender desde bebê até o fim de sua vida na terra para ir morar no céu. As igrejas separam as classes da EBD atualmente dessa forma:

  • Adultos
  • Jovens
  • Juvenis
  • Pré Adolescente
  • Adolescentes
  • Juniores
  • Primários
  • Jardim de Infância
  • Maternal
  • Berçário
  • Discipulando
  • Caminho para o Céu

Mesmo que você não faça parte de nenhuma igreja é possível participar das escolas bíblicas dominicais da congregação que desejar, basta verificar o horário em que as aulas serão ministradas e comparecer. A grande maioria das igrejas ministram suas EBD no período da manhã, outras no período noturno pouco antes do início do culto de domingo.

10 motivos para participar da Escola Bíblia Dominical

  1. Acordar cedo para ir à igreja é um ótimo sinal de que você prioriza o Reino de Deus na sua vida.
  2. A Escola Dominical é uma boa ajuda para você cumprir o 4° mandamento, usando as horas do domingo com foco na piedade.
  3. Sua presença na Escola Dominical te ajuda a cumprir aquela promessa (meio esquecida) que você fez quando tornou-se membro da igreja de sustentá-la moralmente…
  4. Ir à Escola Dominical te dá condições morais de pregar o Evangelho e de falar em “compromisso” com outras pessoas.
  5. Frequência na Escola Dominical (e nos demais trabalhos) envia à liderança da igreja a mensagem de que você está pronto(a) para assumir mais responsabilidades no Reino.
  6. Nas aulas de Escola Dominical você tem oportunidades de fazer perguntas e tirar dúvidas de uma forma que você não poderia fazer no culto.
  7. Em uma classe de Escola Dominical você é enriquecido com as participações e testemunhos de outros irmãos e também pode fortalecer a fé deles com seu testemunho.
  8. A Escola Dominical é um excelente ambiente para levar pessoas que você está evangelizando. É a demonstração prática de que a Igreja baseia seus ensinos só nas Escrituras.
  9. Na Escola Dominical há o reforço adequado do ensino que você ministra ao seu filho ou filha, diariamente, nos outros 6 dias da semana.
  10. Indo à Escola Dominical você mostra na prática o quanto ama os seus irmãos na fé e como quer estar junto deles aprendendo a Palavra.

Que tal uma linda música para celebrar?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *