Categoria: Gestão de Igrejas

Como fazer ata de igreja

Como fazer ata de igreja

Ata de igreja é o tipo de documento que serve para registrar de uma forma resumida e bem clara qualquer ocorrência, deliberação, decisão obtida através de reuniões, assembléia ou resolução.

Nos métodos mais antigos, o portador da ata de igreja eram os livros, cadernos grandes com capa preta. Nos dias atuais as atas são criadas de diversas formas digitais, sendo redigidas manualmente ou através de sistemas específico para isso, podendo ser impressas e arquivadas em pasta ou guardar as informações no próprio sistema.

Um detalhe importantíssimo é que a ata não pode ser rasurada de nenhuma forma e também não pode haver nenhuma alteração posterior à data em que foi registrada.

Veja como guardar com segurança os arquivos digitais da Igreja.

O que é ata de igreja?

Ata de igreja é um documento inalterável que deve ser preenchido em todas as reuniões realizadas pela sua congregação.

Não existe um tema específico em que deve-se preencher a ata de igreja, se possível for preencha-a sempre que houver alguma reunião, seja ela de membros, dos líderes do ministério, da tesouraria, do grupo jovem, do grupo das crianças e de todos os outros setores da igreja.

A ata é uma forma segura de se registrar tudo o que foi dito e combinado nas reuniões, evitando assim desentendimentos e má interpretações do que foi redigido.

Como fazer da ata de igreja

Iremos agora dar algumas dicas de como fazer ata para igreja, elas são necessárias e indispensáveis para qualquer ata que sua igreja possua, seja ata de reunião ou registro de estatuto da sua igreja.

  • Faça a ata de forma que ela possua margem em ambos os lados da folha (caso seja escrita de forma digital, insira as margens utilizando o programa da sua igreja).
  • Não deixe espaçamento entre as linhas da página (criando parágrafos), a ata deve ser redigida sem espaços entre as linhas e não pode ocupar totalmente a linha de forma a ultrapassar a margem.
  • Não utilize abreviações nas palavras ou expressões.
  • Escreva os números sempre por extenso e jamais em numerais. Exemplo: dois mil e dezessete
  • Escreva muito atentamente na ata, ela não pode ser rasurada e nem emendada (exceto para plataforma digital que pode ser alterado enquanto se está redigindo).
  • Se alguma palavra escrita for grande demais de modo que não caiba na linha em que está sendo escrita, deve-se utilizar do hífen ( – ) e então terminar a palavra na linha seguinte.
  • Se estiver utilizando um sistema ou programa de computador, certifique-se de salvar o registro da ata de forma que ela não possa ser alterada (Salvar em PDF é uma dessas formas).
  • Caso seja necessário registrar opiniões das pessoas, utilize elocuções para registrá-las.
  • Sempre escreva no pretérito perfeito do indicativo.

Se o escrivão por algum acaso cometer um erro na escrita da ata, deve ser utilizado o método de partícula retificativa inserindo a palavra “digo” para correção. Exemplo: “No ano de dois mil e dezesseis, digo dois mil e dezessete”

Caso seja descoberto um erro na ata da igreja após ele ter sido redigido, é necessário utilizar a expressão “em tempo” para retificar o erro escrito. Exemplo: “Em tempo: onde se lê dois mil e dezesseis, leia-se dois mil e dezessete ”

Partes que deve constar na ata de igreja

Algumas informações são essenciais para todas as atas de igreja registradas, elas são:

  • Data em que ocorreu a reunião registrada na ata de igreja;
  • Horário em que foi iniciado;
  • Local em que houve a reunião, deve ser escrito o logradouro completo (nome da rua, número, bairro e estado);
  • Objetivo da reunião, se for para melhorar a administração da tesouraria, ajudar o ministério de missões e etc;
  • Nome do presidente da reunião e de seu primeiro secretário;
  • Caso seja um grupo pequeno de pessoas, deve-se escrever o nome de todas essas pessoas na lista de presença da ata. Se for uma quantidade muito grande, escrever-se-á apenas a quantidade de pessoas presentes;
  • Relato completo do assuntos tratados na reunião e suas conclusões;
  • Encerramento da reunião com horário de término escrito;
  • Assinatura de todos os presentes na reunião (caso muitas pessoas estejam presentes, podem ser recolhidas duas ou três assinaturas para constar na ata).

Um detalhe muito importante sobre a assinatura dos presentes na reunião é que dependendo da forma como for administrada a sua congregação, apenas o pastor e seu primeiro secretário (Entenda a função da secretaria da igreja) podem assinar a ata de presença, mas somente após todos os presentes assinarem uma outra lista de presença que deverá ser anexada a ata de igreja.

Modelo de ata de igreja

Em toda a internet existem diversos modelos de atas prontos para serem utilizados por várias igrejas, iremos escrever um modelo que pode ser utilizado por sua congregação em todas as reuniões registradas na ata.

Ata da igreja – Modelo 1

“Ata de reunião ministerial da Igreja Evangélica Assembléia de Deus, realizada em

sua sede na Rua…, nesta cidade; às dezenove horas, do dia vinte e um do mês de junho de dois mil e dezessete, o irmão, pastor…,que a presidiu, declarou aberta a sessão, a fim de tratar de assuntos gerais de competência da igreja e de seus membros. Após os hinos… e a leitura da Palavra de Deus, feita pelo irmão…, Em seguida, (seguem-se os assuntos enumerados),. foi cedida a palavra ao irmão Secretário…, que leu a ata do dia…, aprovada sem emendas (ou com a emenda…). Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a sessão com orações e graças a Deus, lavrando-se, para constar, a presente ata, que vai assinada por mim (primeiro, segundo “ad hoc”) secretário, e pelo dirigente desta Igreja. Em tempo: (Caso fique alguma observação, faça aqui)

LISTA DE PRESENÇA NA REUNIÃO DE OBREIROS DO DIA __/__/__, QUE

INICIOU AS ___ HORAS:

Assinaturas dos presentes:__.”

Ata da igreja – Modelo 2

Data, horário, local e objetivos

Aos vinte e um dias do mês de junho de dois mil e dezessete, com início às vinte horas, na sede da Igreja Assembléia de Deus, situada na Avenida Brasil, número setecentos, Rio de Janeiro, realizou-se uma reunião de todos os membros do grupo jovem, com o objetivo de preparar as festividades de conclusão do ano vigente.

O presidente, a secretária da reunião e as pessoas presentes

A reunião foi presidida pelo líder do grupo jovem, João Silva, tendo como secretária a líder do grupo jovem, Carla Silva. Contou com a participação de vinte e um membros.

Relato da reunião propriamente dita.

Inicialmente, João Silva solicitou à vice-diretora que comunicasse as providências administrativas e o andamento legal referente ao término do primeiro grau. Foi esclarecido que os membros do grupo jovem participariam da cantata de natal, e que a direção pensava oferecer um bolo no encerramento da festividade. A data para isso deveria ser escolhida nesta reunião. Após ouvir diversas sugestões e opiniões, o presidente da reunião solicitou que fossem votados dois itens: se todos concordavam com a cantata e a escolha da data. Alguns membros inscreveram-se para defender diferentes pontos de vista sobre a conveniência ou não de se realizar uma cantata de natal. Após debatidas as idéias apresentadas, João Silva encaminhou a votação, que obteve o seguinte resultado: cantata de natal e posteriormente bolo: dezessete votos favoráveis e quatro contra; Em seguida, apreciadas as datas sugeridas, foi escolhido por unanimidade, o dia vinte e quatro de dezembro para a realização do evento, com início às vinte horas.

Encerramento

Nada mais havendo a tratar, foi lavrada a presente ata, que vai assinada por mim, NOME DA PESSOA, secretário, pelo presidente da reunião e pelos membros do grupo jovem presentes.”

Secretaria da igreja

Secretaria da igreja

Secretaria da igreja. Todas as igrejas possuem secretarias que são administradas por um irmão eleito pela liderança da igreja para ajudar na gestão da congregação de forma geral.

Certamente muitos membros e visitantes já ouviram o secretário da igreja informando os eventos que irão ocorrer na semana, no mês, eventos e festividades da igreja e se perguntaram ao menos uma vez, qual a real função da secretaria da igreja?

Nesse artigo iremos explicar qual a função do secretário da igreja, como ele é eleito e descobriremos se ele realmente só faz os anúncios da igreja ou o seu trabalho envolve mais que isso.

O que é o Secretário da Igreja?

O secretário da igreja é escolhido pela liderança da congregação para ser o responsável por toda a comunicação da igreja, seja interna ou externa, verificar problemas que estejam ocorrendo dentro da igreja, medidas a serem tomadas para resolver as situações e inclusive ter acesso à parte financeira da igreja.

Devido a todas essas tarefas, o homem ou mulher que for escolhido para exercer a função de secretário deve ser uma pessoa extremamente responsável, de confiança e que realmente cumpra os princípios bíblicos que Jesus nos ensinou.

É necessário que a pessoa que se tornar o secretário da igreja já tenha uma vida cristã e esteja obedecendo os mandamentos de Cristo antes mesmo de ser eleita para a função, possuir ética moral em todos os locais que visita, seja casa de outras pessoas, empresas, igrejas e inclusive sua própria residência. Resumindo ele precisa ser um cidadão honesto para com as leis dos homens e as leis de Deus, para somente assim conseguir exercer a função de secretário.

Um requisito fundamental para o secretário é ser organizado, pois ele irá administrar diversos documentos da igreja, preparar datas para eventos, verificar disponibilidade financeira juntamente com a tesouraria, e se comunicar com todos os outros setores da igreja. Mantendo sempre uma comunicação contínua com todos os membros da igreja e os diversos setores existentes na mesma, é necessário possuir uma boa dicção e saber escrever com facilidade também, tendo em vista que terá que redigir diversas atas e documentos que são necessários para a administração da igreja.

Sempre estar atento aos avanços tecnológicos é um diferencial para os secretários nos dias atuais, já que sempre são lançadas novas tecnologias para ajudar na gestão de toda a igreja, sendo sistema para igrejas, sites com sistema online e outros.

Cumprindo todos esses requisitos faz com que o secretário da igreja seja zeloso e cuidadoso com os assuntos pertinentes à sua congregação, fazendo sempre o melhor para a casa de Deus.

E o que a secretaria da igreja representa?

A secretaria da igreja e todas as suas funções são definidas no estatuto da igreja.

São diversas atribuições que a secretaria da igreja pode ter, sendo apenas administrativa, informativa, contábil (Saiba mais sobre contabilidade para igrejas) ou envolvendo todas elas, depende muito da necessidade da congregação, vamos listar as mais comuns:

  • Registrar todas as atas da igreja no cartório e também lavrar todo o conteúdo que está inserido na ata.
  • Verificar as correspondências dividindo-as em contas e informativas, enviando cada correspondência para o setor responsável da igreja.
  • Manter sempre atualizado o registro de membros da igreja, fichas de batismo, casamento, membros em inatividade e diversas informações relevantes.
  • Preparar e auxiliar na administração da agenda anual da igreja, conferindo boletins, informações e publicações.
  • Realizar a emissão da carteirinha de membros da igreja
  • Enviar mensagens de aniversários para todos que fazem parte da membresia da igreja, seja por carta, sms ou online em nome da igreja.
  • Saudar a igreja, seus departamentos e outras igrejas por realizarem festividades, eventos ou comemorações específicas.
  • Redigir cartas de transferências, emitir e enviar para o responsável pela mesma.
  • Agregar com o amor de Cristo os novos convertidos, acompanhando-os em sua nova jornada e lhes providenciando a ficha de registro para fazerem parte da membresia da igreja.
  • Fazer os preparativos para toda a rotina de batismo.
  • Registrar e zelar de todos os bens da igreja.
  • Emitir certificados de casamento, certificado de batismo, apresentação de novos membros e outros.

Essas são as principais atribuições da secretaria da igreja, por essa razão deve ser eleito uma pessoa de confiança e que possa se manter no cargo por um período de dois anos ou mais, para manter sempre em ordem a ata da igreja e seu funcionamento.

De forma geral a secretaria da igreja é responsável por manter todo o bom funcionamento das informações administrativas da igreja e também informar toda a membresia sobre a agenda da igreja e a escala de obreiros.

Conclusão

Toda igreja que possui um excelente secretário que faz seu trabalho com amor, dedicação, que vive nos princípios bíblicos e ainda é uma pessoa exemplar também fora da igreja mantendo sua ética pessoal, certamente será uma igreja de grande sucesso.

O secretário que consegue exercer sua função com maestria permite que sua igreja nunca passe por contratempos desnecessários, esteja sempre com a ata da igreja preenchida devidamente após reuniões e novos balanços. Irá sempre auxiliar a sua igreja na evolução constante na parte administrativa com a sabedoria do Espírito Santo lhe guiando.

Lembre-se sempre que a secretaria da igreja é uma peça fundamental para a administração eclesiástica, para o bom funcionamento de todas as congregações, por isso escolha bem o seu secretário, de preferência um que possa se manter por muitos anos no controle administrativo da igreja, para que as atas e registros em cartórios sempre estejam em ordem e de comum acordo, ele irá ajudar e muito a sua igreja alavancar para conseguir ajudar outras vidas.

Credencial do pastor – Credencial pastoral

Credencial do pastor – Credencial pastoral

Você entenderá a importância da credencial do pastor e como criar para sua Igreja a credencial pastoral.

Assim como falamos em um artigo anterior sobre carteirinha de membros da igreja, criar uma identificação específica para o pastor também é o ideal para sua igreja.

Como criar uma credencial do pastor?

Principalmente nas igrejas que possuem mais de um pastor, é aconselhado além de ter o registro dos pastores no cadastro da membresia, também criar uma credencial para cada pastor.

Até mesmo porque existem diversas funções no pastorado dentro da igreja, sendo um o pastor presidente, pastor vice-presidente, pastor adjunto e outras funções que possam existir de acordo com o tamanho da igreja.

Possuir essas especificações nas carteirinhas de pastor é essencial devido a representação que cada um possui dentro da igreja e suas respectivas funções.

Que tipo de material usar na carteirinha do pastor?

O material utilizado para criar as credenciais do pastor são as mesmas em pvc que são utilizadas para criar a carteirinha de membros da igreja. A diferença está no modelo que será feito para impressão e também na quantidade de credenciais que a igreja deverá solicitar.

Pode não parecer mas é muito importante ter em mente que as credenciais do pastor da igreja serão mais caras do que as da membresia em geral, esse fato ocorre pela quantidade de impressões que serão feitas. Gráficas costumam cobrar um valor menor quando se tratam de grandes quantidades, o que não é o caso das carteirinhas dos pastores.

As credenciais do pastor são iguais a carteirinha de membro da igreja?

Não, em sua maioria dos casos elas são feitas do mesmo material que é o pvc mas não iguais nas artes.

Já sabendo que as credenciais do pastor terá um custo maior do que a da membresia em geral, crie uma gráfica diferenciada e personalizada para a impressão das credenciais do pastor. Isso irá valorizar os líderes da sua igreja da forma que a bíblia nos ensina.

Se a sua igreja possuir outros ministros além dos pastores como presbíteros, evangelistas, obreiros e demais funções, pode ser criado um modelo diferenciado para cada uma dessas funções, permitindo assim que todos os irmãos dentro da igreja possuam suas credenciais próprias e com um desenho único.

Isso irá funcionar da mesma maneira que em grandes empresas quando seus colaboradores possui um tipo de credencial com modelos específicos e conforme o cargo vai subindo, supervisor, gerência, gestor, diretores e CEO’s, suas credenciais vão mudando e se tornando únicas com uma impressão diferente, por mais que o material seja o mesmo.

Onde posso fazer a credencial do pastor e quanto custa?

Existem diversos locais em que sua igreja pode encomendar a credencial do pastor, gráficas e algumas papelarias costumam realizar esse tipo de serviço.

O modelo que será utilizado para imprimir na credencial do pastor pode ser feita por um membro da igreja responsável, algumas gráficas disponibilizam modelos prontos para a impressão e também pode ser contratado uma empresa ou profissional com experiência em criação de artes para fazer uma arte mais adequada e adaptada ao tamanho da credencial.

Se os responsáveis da igreja não possuírem tempo disponível para visitarem gráficas e verificar os métodos utilizados na impressão, muitos sites disponibilizam esse tipo de produto com modelos prontos e alguns ainda permitem que seja enviado uma arte própria para a impressão, a melhor parte é que tudo será entregue no endereço da igreja.

E se minha igreja não possuir credencial para o pastor?

Não existe problema nenhum caso sua igreja não ofereça uma credencial do pastor específica para ele, principalmente se for uma igreja pequena ou de poucos líderes.

É altamente recomendado a criação da credencial do pastor quando a igreja é muito grande e possui diversos pastores fazendo parte do corpo ministerial. Nesses casos também é aconselhável que todos os pastores possuam sua carteirinha de pastor com a mesma arte gráfica, porém diferente dos demais membros.


Independente de sua igreja realizar a emissão da credencial do pastor ou não, o principal é sempre possuir respeito pelo seu líder e agradecer à Deus todos os dias por nos abençoar com um pastor que é da vontade do nosso Senhor e que irá agregar muito valor em nossas vidas.

Veja alguns exemplos de credencial para o pastor clicando aqui.

“Dai a cada um o que lhe é devido: se imposto, imposto; se tributo, tributo; se temor, temor; se honra, honra. O amor no mundo agonizante” Romanos 13:7

Contabilidade para igrejas

Contabilidade para igrejas

Por mais que tenhamos visto que a contabilidade para igrejas fazia parte de algumas dessas atividades, iremos explicar agora com detalhes como essa prática influencia na igreja de forma geral.

Já explicamos em artigos anteriores quais são os procedimentos jurídicos para abrir uma igreja e também os estatutos que devem ser criado para que a congregação sempre funcione dentro da lei.

O que é contabilidade para igrejas?

Antes de entendermos como a contabilidade para igrejas irá funcionar em nossas igrejas, é preciso entender o seu surgimento e para que ela foi criada.

Desde os séculos passados, a necessidade de se contar e saber a quantidade do que as pessoas possuíam eram necessárias para sua sobrevivência.

Podemos utilizar como exemplo os pastores de ovelhas, como naquela época não existiam planilhas, computadores, smartphones e tão pouco calculadoras disponíveis, ele precisava de alguma maneira de contar o seu rebanho e saber se alguma ovelha foi perdida no último dia.

Essa contagem era feita de uma forma muito simples, os pastores utilizavam pequenas pedras para contar seu rebanho, a cada ovelha que ele contava, uma pedra era inserida em sua sacola. No final de cada dia ele contava todas as pedras e verificava se a quantidade de pedrinhas era igual a de ovelhas, se fosse, estava tudo de acordo com o planejado, porém se em sua contagem o pastor reparasse que tinham mais pedras que ovelhas, ele precisava deixá-las separadas para ir buscar a que foi perdida.

Percebeu em como a contabilidade para igrejas faz parte da história da humanidade desde os tempos mais antigos? Pois é exatamente assim que ela funciona hoje em dia.

A contabilidade para igrejas funciona para contar todo o patrimônio que a congregação possui, todos os bens, seus valores e para conferir se nada foi perdido durante certo período.

Como a contabilidade para igrejas funciona?

De acordo com a Lei, todas as entidades sem fins lucrativos possuem obrigações de prestação de contas com seu governo.

Sendo assim as igrejas possuem obrigações de declarar seus documentos mesmo sendo isenta de impostos, os principais são:

 

  • DIPJ (Declaração do Imposto de Renda de Pessoa Jurídica) – Todos os anos as igrejas possuem obrigação de entregar essa declaração até o último dia útil do mês de Junho de cada ano.  São contidos nessa declaração informações referentes aos ativos da igreja (bens e direitos), o passivo (débitos e obrigações), receitas e despesas do ano anterior ao da declaração.  Desde o dia 1 de Janeiro de 2014, foi criada a possibilidade de realizar essa declaração de forma digital com a nomenclatura EFD (Escrituração Fiscal Digital) e sempre deverá ser entregue à Receita Federal por meio do certificado digital.
  • IRPJ (Imposto de Renda de Pessoa Jurídica) – As igrejas são isentas do imposto de renda, mas como afirmado acima ainda assim precisam criar uma declaração para a Receita Federal.
  • CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido) – Esse imposto também não é cobrado para as igrejas, sendo de total isenção.
  • PIS (Programa de Integração Social)- Se a igreja possuir funcionários ativos na congregação, deverá ser recolhido o Pis Folha a alíquota referente a 1%. (esta lei se baseia no Art 13º, MP 2.158-35/01).
  • COFINS (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social) – Caso a igreja possua receitas estranhas e diferentes das comuns de entidades religiosas, será tributado um valor de 7,6%. (esta lei se baseia no 2º, Art 47, IN SRF nº 247/2002)
  • DCTF (Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais) – Esse imposto não é retirado de nenhuma pessoa jurídica que já seja isenta do imposto de renda, logo a igreja não precisa realizar essa declaração, se tornando isenta da mesma.

 

Esses são as principais declarações que toda igreja deve realizar anualmente. Verifique sempre com um contador para auxiliar sua congregação a preencher da forma correta os formulários requeridos para evitar futuros problemas com a Receita Federal.

Minha igreja realmente precisa de um contador?

Ao contrário do que muitos contadores pensam e até mesmo algumas igrejas equivocadamente dispensam um contador por serem isentas do imposto de renda, não é necessariamente somente essa a função de um contador dentro da igreja.

Possuir um contador na sua igreja é uma obrigação para que o direito à imunidade ao fisco federal seja mantido na congregação.

Antigamente não existiam fiscalização nas igrejas em relação à contabilidade das mesmas, eram entregue apenas o DIPJ para a Receita Federal, e era considerado o suficiente para a igreja se manter dentro da Lei.

Porém quando a Receita Federal editou a IN 1420/2013, concretizou que todas as entidades sem fins lucrativos adotassem a ECD (Escrituração Contábil Digital). Desde 1º de Janeiro de 2014, todas as igrejas são obrigadas a ter uma contabilidade em dia para conseguirem realizar a entrega  da ECD.

ECD nada mais é do que informar para a Receita Federal todas as informações obtidas na contabilidade da igreja. Essas informações são repassadas através de um programa chamado Speed que realiza toda a importação dos dados contábeis da igreja e os transmite para o fisco federal.

Caso alguma igreja não possua contabilidade para igrejas, ela será impossibilitada de entregar a ECD, resultando em receber penalidades da legislação.


Contabilidade para igrejas é importantíssimo e imprescindível para que toda a igreja esteja dentro da lei e evitando problemas fiscais desnecessários.

Lembrando que se a igreja não possuir uma contabilidade para igrejas, a mesma será impossibilitada de atender a legislação fiscal em relação à entrega do EFD (Escrituração Fiscal Digital) e do ECD, estando sujeitas às punições fiscais previstas em lei e podendo até mesmo perder a imunidade fiscal do imposto de renda.

Estatuto da igreja

Estatuto da igreja

O que é um estatuto da igreja e por que a igreja necessita de um? Estatuto é uma palavra que todos nós já ouvimos pelo menos uma vez em nossas vidas, existem diversos que são comentados nos telejornais e pela internet como estatuto do idoso, estatuto do desarmamento, estatuto da defesa do consumidor, estatuto da defesa dos animais e muitos outros em vigor atualmente. 

Estatuto da igreja

Estatuto é um conjunto de leis internas que serve para reger uma associação de pessoas, empresas, companhias e outros. Além das leis que já estão em vigor pelo governo federal e estadual, são criados estatutos para casos específicos em que as leis maiores não abrangem esses pequenos detalhes, porém sempre de comum acordo com as leis federais, ou seja, não se pode criar um estatuto para anular uma lei já existente e sim para incrementá-la com detalhes relacionados a uma razão específica.

Para uma igreja existir em seu próprio espaço é necessário que não apenas seja feito sua estrutura física mas principalmente a sua estrutura jurídica, a igreja só passa a funcionar legalmente depois que todos seus documentos estejam prontos de acordo com a lei e sem nenhuma pendência.

Explicamos  nesse artigo tudo que é necessário para abrir uma igreja e quais são seus principais pontos que devem ser seguidos para que esse objetivo seja concluído, porém agora iremos falar sobre o estatuto da igreja.

Após todos os documentos estarem prontos é necessário que sua igreja faça uma definição de como será administrado a congregação de modo geral, existem três formas eclesiásticas que realizam a gestão de uma igreja:

estatuto

Tipos de estatuto para igreja

  • Modelo Episcopal – Essa forma de administração da igreja significa que apenas uma pessoa irá tomar todas as decisões pertinentes à congregação, normalmente quem rege e trabalha dessa maneira é o presidente da igreja ou um dirigente.
  • Modelo Congregacional – Totalmente oposta do modelo episcopal, no congregacional quem toma as decisões em relação à igreja são todos os membros que dela participam, sejam em obras, valores a serem investidos e guardados, todas as decisões estão nas mãos da membresia da igreja.
  • Modelo Eclesiástico ou Presbiterial – É a forma mais comum que temos nas igrejas evangélicas, nesse modelo quem realiza a gestão da igreja é um pastor ou pastores e seus presbíteros, esse conselho normalmente é definido pela própria igreja e são essas pessoas que estão à frente da congregação e tomam suas decisões em relação a tudo que acontece dentro da casa do Senhor, seja em manutenção, valores financeiros doados, pagamentos e outros.

Outros modelos de gestão da igreja podem aparecer, porém essas três são as mais comuns e utilizadas em todo o território nacional. Por mais que todos esses modelos possam apresentar alguma vantagem ou desvantagem em relação à administração da igreja, é essencial que um modelo de gestão seja apresentado no estatuto da igreja, quando essas informações estão firmadas no estatuto elas não podem ser alteradas ou burladas e também ficam à disposição para todos os membros saberem como funciona a tomada de decisão de sua igreja.

Quando for redigir o estatuto de sua igreja, lembre-se sempre que os aspectos jurídicos necessários devem estar presente nele. De acordo com o artigo 46 do Código Civil, existem informações que são imprescindíveis para constar no estatuto da igreja, são essas informações:

Estatuto para igrejas evangélicas

  • a denominação, os fins, a sede, o tempo de duração e o fundo social, quando houver;
  • o nome e a individualização dos fundadores ou instituidores, e dos diretores;
  • o modo por que se administra e representa, ativa e passivamente, judicial e extrajudicialmente;  
  • se o ato constitutivo é reformável no tocante à administração, e de que modo;
  • se os membros respondem, ou não, subsidiariamente, pelas obrigações sociais;
  • as condições de extinção da pessoa jurídica e o destino do seu patrimônio, nesse caso.

 

Após todas essas informações estarem inseridas no estatuto da igreja, é necessário que seja realizado o registro e arquivamento do mesmo, para tal ação a lei de nº 8.906 criada no dia 04/07/1994 presente no inciso V do artigo 54, nos informa que é preciso que um advogado realize este registro juntamente com os órgãos competentes. Isso é criado para garantir que sempre que uma congregação crie o estatuto de sua igreja e faça seu registro, o acompanhamento do profissional da área jurídica irá garantir que este documento esteja em integridade com todas formalidades e requisitos legais que são solicitados.

A inscrição do estatuto da igreja no cartório também está prevista na lei dos Registro Públicos criada em 31/121973. Está escrito no artigo 114 que “No Registro Civil de Pessoas Jurídicas serão inscritos: I – os contratos, os atos constitutivos, o estatuto ou compromissos das sociedades civis, religiosas, pias, morais, científicas ou literárias, bem como o das fundações e das associações de utilidade pública;”

Um outro detalhe é que atualmente de acordo com o Código Civil as igrejas são organizações religiosas e não sociedades religiosas como antigamente eram feitos seus registros.

Por fim quando toda a documentação do estatuto da igreja estiver pronto para ser apresentado em cartório, é necessário que seja apresentado na mesma oportunidade a ‘Ata de criação da igreja’ que terá presente todas as informações pertinentes à sua criação como: a forma que foi eleita o presidente da igreja, as votações, se é um presidente ou diretoria que será responsável pela congregação, o local que será a sede definitiva ou provisória, como foi realizado a aprovação do estatuto e quem participou, denominação entre diversas outras informações que são relevantes para a abertura de sua igreja.

pastor

Veja alguns tipos de estatuto de igreja:

  • estatuto da igreja assembleia de deus
  • estatuto da igreja batista
  • estatuto da igreja
  • estatuto da igreja assembleia de deus madureira
  • estatuto da igreja quadrangular
  • estatuto da igreja presbiteriana renovada do brasil
  • estatuto da igreja batista nacional
  • estatuto da igreja o brasil para cristo
  • estatuto da igreja batista tradicional
  • estatuto da igreja do evangelho quadrangular
  • estatuto da igreja evangelica assembleia de deus
  • estatuto da igreja evangelica
  • estatuto da igreja mundial do poder de deus
  • estatuto da igreja presbiteriana do brasil
  • estatuto da igreja presbiteriana renovada
  • estatuto social igreja evangelica
  • estatuto da igreja assembleia de deus em pernambuco
  • estatuto para igreja
  • estatuto para igreja evangélica

No mesmo cartório em que essas informações estarão arquivadas, tanto o estatuto da igreja quanto a ata de criação da igreja, será necessário que todas as futuras ‘Atas de reuniões administrativas’ sejam registradas no mesmo cartório para que todas as informações legais da igreja estejam presentes na mesma localidade.

Um detalhe importantíssimo é que caso a igreja não possua um estatuto definido, informando quem são os responsáveis legais pela congregação, é automaticamente declarado que todos os membros que fazem parte da igreja tenham sua parte legal dos ganhos da congregação e também responsabilidade com todas as despesas, caso ocorra alguma dívida na igreja, ela será paga por todos os membros podendo inclusive ser necessário vender seus bens de forma legal para quitar a dívida da igreja.

Somente com todos esses documentos registrados e arquivados no cartório que será possível que a igreja poderá realizar contratos em seu estabelecimento que são necessários para seu funcionamento. É possível também que a igreja crie o seu CNPJ juntamente com a Receita Federal para realizar transações bancárias, concluir contratos de locação e venda de imóveis, fazer o requerimento para isenção do IPTU entre diversas outras solicitações que são permitidas às boas administrações eclesiásticas.   

Caso tenha dúvidas de como criar o estatuto da igreja, na internet possuem diversos modelos prontos e preparados para alteração dos dados necessários para concluir o seu estatuto.

Programa para igreja

Programa para igreja

Um programa para igreja é necessário para organizar e agilizar a gestão da igreja. Programa para igreja, também chamado de software para igrejas, são muito comuns em igrejas de médio e grande porte, mas é possível também que igrejas pequenas possam se informatizar gastando pouco ou nada. Muitos programas para igrejas evangélicas são disponibilizados por diversas empresas em todo o território nacional e internacional.

Saber qual será o melhor programa para sua igreja é uma tarefa bem difícil, pois exige conhecimento na área tecnológica, mas vamos facilitar todas as dúvidas que sua igreja normalmente pode ter na hora de contratar um serviço com uma empresa para melhorar a gestão da sua congregação.

Dependendo de qual for a necessidade de melhoria na sua igreja, existem programas específicos que auxiliam apenas em alguns setores da sua congregação, como por exemplo sistemas únicos apenas para cadastro de membros ou específico para tesouraria.

celula

Contratando um serviço específico para o setor da sua congregação o normal é que ele saia mais barato do que um sistema completo com diversas funcionalidades, mas não se engane, pesquise bem qual será o melhor custo benefício do programa para sua igreja.

Algumas empresas oferecem desconto na contratação de mais de um programa para igreja e outras simplesmente incluem todas as funcionalidades em um valor mais acessível. Verifique qual dos programas para igreja são mais úteis para sua congregação e custando menos, certamente será de grande ajuda no financeiro da igreja ter um custo menor com mais programas disponíveis.

Alguns programas específicos são distribuídos por valores menores ou até gratuitamente, se a sua igreja precisar de algum desses programas basta pesquisar e confirmar qual dessas funcionalidades serão mais úteis na congregação.

Programa para igreja de Gestão de RH

Neste programa em específico é possível ter todas as funcionalidades relacionadas ao RH da igreja:

  • Criar folha de pagamento da igreja
  • Administrar o e-social
  • Controlar toda a rotina dos membros e obreiros da igreja
  • Realizar a emissão do recibo da prebenda pastoral de acordo com a lei vigente
  • Guia de imposto de renda
  • Férias
  • GPS – Guia da Previdência Social
  • Exportação para CAGED
  • Recibo autônomo
  • Adiantamento
  • 13º salário
  • MANAD
  • DIRF
  • RAIS
  • Exportação de todos os dados para a contabilidade

Todas essas funcionalidades são específicas para o RH da igreja, irá auxiliar sua congregação na gestão de todos os dados e facilitará a conexão dessas informações com a contabilidade. Certas funcionalidades dependem de informações obtidas no site da Receita Federal, basta acessar o cadastro da sua igreja e preencher as informações solicitadas no programa que tudo será incluído no sistema.

Programa para igreja de Departamento infantil

Neste programa para igreja é possível ter o controle de todo o departamento infantil de sua congregação:

  • Cadastro de crianças
  • Classes
  • Salas de aula
  • Relatório de presença das aulas
  • Selecionar crianças para apresentações ou cantatas na igreja
  • Professores

Com todas essas funcionalidades disponíveis somente para o departamento infantil fica muito mais fácil administrar de forma eficiente e competente, além de trazer mais segurança para os pais que deixam seus filhos frequentarem as aulas na igreja. É possível também ter uma sessão somente para o feedback dos professores, dessa forma a gestão da igreja consegue avaliar como está sendo o aprendizado das crianças e o que deve ser feito para melhorar a escolinha.

Programa para igreja de Igreja em células

Alguns programas para igrejas podem ter funções específicas para igrejas em células, permitindo que o programa seja mais leve de informações mesmo sendo completo para sua igreja.

  • Células cadastradas e ativas na igreja
  • Cadastro de discípulos, crianças e visitantes
  • Escola de Líderes
  • Cartas e Certificados de conclusão dos estudos
  • Criar credenciais para todos os discípulos
  • Dízimos e ofertas
  • Encontro de células
  • Controle de consolidados e consolidadores
  • Contas a pagar
  • Carnê para arrecadar fundos para campanhas
  • Orçamento disponível das células
  • Contabilidade geral da igreja

Com todas essas informações disponíveis o sucesso administrativo da sua igreja em células é mais do que esperado. Possuindo controle de todas as características necessárias para o funcionamento das células é possível criar um plano de ação para melhoria das despesas e investimentos da congregação.

Programa para igreja

Para igrejas que já estão em funcionamento e não necessitam de muitas funcionalidades buscar um programa para igreja pode ser a melhor escolha.

  • Cadastrar membros e visitantes da igreja
  • Escola Bíblica Dominical completa – Crie classes, temas de estudos, divida os professores por faixa etária e aumente o entendimento da sua igreja na palavra de Deus
  • Cartas de aniversário para membros
  • Certificado de conclusão de cursos internos e externos da igreja
  • Relação de dízimo e ofertas de membros
  • Contas a pagar e receber
  • Carnê para campanhas e eventos da congregação
  • Credenciamento de membros e obreiros, permitindo que sejam criados carteirinha de membros
  • Contabilidade geral da igreja com centro de custos e orçamento disponíveis
  • Gráfico geral de todas as informações para uma melhor análise da igreja

Programa para igreja de Tarefas dos obreiros

Se sua igreja precisa apenas de um programa para organizar melhor a divisão de tarefas dos membros, um programa para igreja criado especificamente para melhorar a gestão de tarefas dos obreiros é essencial.

Com esse sistema é possível:

  • Criar novas tarefas e retirar as que já foram concluídas
  • Designar os obreiros em suas tarefas e conferir o andamento da mesma
  • Realizar feedback de cada tarefa e dos irmãos que a realizaram, permitindo assim que as próximas tarefas sejam executadas de formas sempre melhoradas
  • Lembrar as tarefas por e-mail ou sms
  • Gráfico geral do andamento das funções e quantas pessoas estão trabalhando em cada tarefa

Não importa qual seja o tamanho da sua congregação, se é pequena ou grande, em células ou não, verifique qual a necessidade da sua gestão e utilize o programa para igreja que melhor se encaixa na administração da sua igreja.

Como abrir uma igreja

Como abrir uma igreja

Preparamos um artigo especial para você que não sabe como abrir uma igreja, assim como registrar uma igreja de maneira correta e simplificada. Eventualmente recebemos irmãos com dúvidas como estas:

  • Como abrir uma igreja?
  • Como registrar uma igreja?
  • Registrar igreja pela internet?
  • Como fundar uma igreja?
  • Como abrir uma igreja evangélica?
  • Como montar uma igreja?

Criar uma igreja tem como objetivo principal ajudar as vidas de pessoas trazendo a palavra de Deus para seus corações. Com o decorrer dos anos muitas pessoas se aproveitaram da bondade das pessoas mais humildes para abrir igrejas para benefício próprio e não para ajudar ao próximo, por isso é necessário que quando sua igreja estiver em funcionamento todos os documentos estejam certos e validados, isso irá evitar que as pessoas pensem que a igreja foi aberta só por abrir e não para ajudar as diversas almas necessitadas.

Iremos explicar nesse artigo os passos que são necessários e você saberá como abrir uma igreja de forma legal e com documentos válidos.

Como abrir uma igreja

São necessários no mínimo oito membros para dar entrada no processo de abertura da igreja.

Registro de Associações

Vá ao cartório de Registro de Pessoas Jurídicas de sua cidade ou município para fazer a solicitação do Registro de Associações.

Alguns cartórios exigem documentos além dos que os necessários previsto em lei. Isso não é necessariamente um problema, sabendo que cartórios são burocráticos e possuem administradoras diferentes, basta cumprir suas exigências.

Caso não queira perder muito tempo com filas e toda a burocracia que os cartórios possuem basta contratar um escritório especializado no assunto de registro de igrejas para facilitar o andamento das documentações.

Os documentos abaixo são mais do que necessários para registrar uma associação de acordo com a lei 6.015/73 (arts. 120 e 121).

Como registrar uma igreja – Ata de Fundação

Esse documento precisa estar impresso em papel ofício ou timbrado, transcrito do livro de atas e sem as rasuras que possivelmente aconteceram no manuscrito do livro, atente-se para todos os erros já terem sido corrigidos por quem o escreveu. A ata deve ser assinada somente por um representante legal da instituição (presidente ou outro membro que tenha sido determinado para o assunto).

Como abrir uma igreja – Três vias do estatuto

Alguns cartórios solicitam apenas duas vias enquanto outros pedem três, não espere chegar no momento da entrega de documentos para descobrir, prepare três vias do estatuto e já entre com elas. Todas as páginas devem estar devidamente assinadas pelo representante legal da instituição.

Como abrir uma igreja – Documentos de todos os associados e fundadores

Todos os documentos devem estar presentes na abertura, do presidente, representante legal, associados, fundadores e dos oito membros que estão participando da abertura da igreja. Nacionalidade, estado civil e profissão de cada um dos participantes também é solicitado.

Como abrir uma igreja – Envie o ofício para o cartório

Após solicitar o registro, conferindo se ele já está assinado pelo representante legal contendo o seu endereço pessoal e o endereço da sede da igreja é a hora de conferir se todos os seguintes dados estão presentes no registro:

  • A denominação, o tempo de sua duração e a finalidade da sede associada.
  • O modo que será administrado e a sociedade será representada, ativa e passivamente, judicial e extrajudicialmente;
  • Qual o modo que o estatuto será reformável em relação à administração da igreja.
  • Um termo dizendo se os membros inscritos também respondem pelas obrigações sociais da igreja.
  • Os termos referente em caso da igreja fechar, como serão divididas as partes de seu patrimônio.

Após o oficial do cartório conferir e verificar que todos os documentos para o registro estão corretos e em ordem, ele irá fazer o lançamento da certidão de registro e devolverá uma via do estatuto com o número de ordem, livro e folha onde foi lançado. Esse é o registro inicial da Associação.

Muitos cartórios solicitam assinatura de um advogado nas vias dos estatutos, mas não é um requisito previsto em lei, sendo opcional a escolha de solicitar a assinatura de um advogado.

Com todo o registro de Associação concluído, é o momento em que deverá ser solicitado o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica – CNPJ, este é feito um uma Delegacia da Receita Federal do seu estado. Somente com o cadastro do CNPJ que a igreja será permitida a realizar transações financeiras, contratos, convênios, contratar empregados e ajudantes entre outros.

Iniciando o pedido do CNPJ

Assim como para criar o registro, para solicitar o CNPJ da igreja serão necessários alguns documentos:

Duas vias do Documento básico de entrada (no site da Receita Federal possui um disponível para ser preenchido).

Uma ficha preenchida de cadastro de pessoa jurídica (disponível também no site da Receita Federal).

Quadro de associados idêntico ao que foi utilizado para o registro no cartório.

Registrar no cartório todos os estatutos sociais.

Inscrição Municipal

Com o processo do CNPJ já aberto, é o momento de ir na prefeitura do município que a igreja está registrada e fazer o requerimento da inscrição municipal.

Junte o requerimento da inscrição municipal acompanhado da documentação probatória. Normalmente as prefeituras disponibilizam esses formulários específicos para o procedimento.

Pronto! Com todos essas etapas concluídas agora sua igreja está apta a abrir e entrar em funcionamento, ajudando milhares de vidas carentes por amor e que precisam da palavra do nosso Senhor.

Não se esqueça que assim que a igreja entrar em funcionamento, será necessário um contador que foi escolhido pela associação para criar e realizar a manutenção dos documentos como livro caixa, registro de empregados entre outros.

A igreja de Cristo deve ser o exemplo de conduta ética, respeito à lei e a ordem social, ser transparente com sua comunidade e sempre zelar pela vida de seu próximo. Não existe nada que irá justificar qualquer irregularidade na documentação e nem absolver qualquer ilegalidade cometida pela casa do nosso Senhor sem nenhuma tentativa de ser resolvida.

Como registrar uma igreja – Dúvidas frequentes

Uma pessoa com o nome sujo pode abrir uma igreja?
Sim. A única restrição que existe é por parte do banco, no momento em que abrir uma conta em nome da igreja o banco irá fazer uma pesquisa do nome do responsável pela igreja. Se o responsável pela igreja estiver com pendência no nome, o banco não libera credito, porém a conta jurídica pode ser aberta normalmente.

Qualquer pessoa pode abrir uma igreja?
Sim, qualquer pessoa. Não importa o credo ou a religião seguindo os passos certos hoje qualquer um pode abrir uma igreja.

Quantos membros são necessários para abrir uma igreja?
O mínimo são 6 cargos de diretória, isso não quer dizer que são necessário 6 pessoas, pois é possível acumular funções ou cargos.

É possível registrar a  igreja sendo ela em uma casa?
Sim. Para a igreja se tornar existente ela não precisa de endereço fixo e sim de um presidente que responda legalmente por ela. É possível abrir uma igreja em uma casa, em um salão alugado e etc.

Uma igreja que já está funcionando pode ser registrada com ano retroativo?
Não é possível. A igreja só passa a existir legalmente a partir do momento em que damos entrada na documentação da mesma.

Eu preciso ser Formado em Teologia para registrar uma Igreja?
Não é necessário ter formação teológica para registrar uma igreja, é possível abrir uma igreja legalmente mesmo sem formação eclesiástica.

Posso colocar quem eu quiser na Diretória da Igreja?
Sim. Pessoas acima de 18 anos, mas fique atento, pois é um cargo de confiança.

Quais os cargos da Diretória da Igreja?
1-Presidente, 2- Vice-Presidente, 3- Primeiro Tesoureiro, 4- Segundo Tesoureiro, 5- Primeiro Secretário, 6- Segundo Secretário

Como Registrar uma Igreja que já está Funcionando?
Basicamente é o mesmo processo, pois não será possível elaborar a documentação com ano retroativo. Ainda que a igreja esteja funcionando há 2 anos (por exemplo) sem documentação, quando for regularizar, a igreja passará a existir legalmente a partir da data da documentação…

Posso Colocar Meus Parentes na Diretória da Igreja?
Sim. Não há nenhuma contra indicação, é possível ser Pai, Mãe, Filho, Filha, Cunhado, Sogra e etc. Desde que tenham acima de 18 anos.

Sistema membros web – Cadastro de membros

Sistema membros web – Cadastro de membros

Iremos lhe mostrar como adotar um sistema membros web é importante para sua congregação. Com ele, não é possível apenas ter os dados em um lugar seguro e de fácil acesso, mas também disponível 24 horas por dia, através do computador ou celular. Um sistema de membros web eficiente lhe ajuda a na gestão da igreja, com relatórios, controle de visitas e agiliza a comunicação.

Sistema membros web

Um sistema membros web auxilia na gestão dos membros da igreja pode ser feita de diversas formas. Antigamente o mais comum era que todos os dados dos membros fossem anotados em cadernos, a comunicação com as pessoas era através de ligações que nem sempre eram atendidas e o controle de presença feita manualmente em um bloco de papel.

Ainda é um método utilizado por algumas igrejas mas não é o ideal, já que o foco da igreja é semear a palavra do Senhor à todas as pessoas, essas formas de realizar a administração da congregação acaba demandando muito tempo que não é necessário e poderia ser utilizado em outras tarefas, como missões, orações, festividades e eventos na igreja.

Cadastro de membros

Sistema membros web para gestão da igreja é algo necessário para todas as igrejas nos dias de hoje, é possível que seja feito todo o cadastro de membros de uma forma rápida e eficaz, permitindo à gestão da igreja concluir esses simples cadastros sem ser necessário ficar muitos minutos escrevendo todos os dados dos membros e da congregação.

Abaixo algumas funcionalidades dos sistemas para a gestão de membros que farão sua igreja alavancar pois não será mais necessário muito tempo para realizar os cadastros da membresia.

Gerenciamento total de membros

É possível ter uma visão geral dos membros com um sistema membros web ativos da igreja, quantos não fazem mais parte da congregação e quantos novos chegaram em um determinado período. Essas informações são muito úteis para a igreja saber o quanto está evoluindo e como fazer para crescer ainda mais.

Conheça nossas orientações para criar sua ficha de membro.

Integração com os membros através de emails/sms

Essa funcionalidade permite contatar todos os membros cadastrados no sistema da igreja através de um simples comando dentro do sistema. Não é mais necessário ligar para cada um dos irmãos e avisá-los sobre o ensaio que irá acontecer, a reunião que está marcada ou alguma festividade que está próxima. Ressaltando que o envio de sms não é necessário que as pessoas que irão receber possuam internet ativa nos seus celulares, basta ter um número e todos serão notificados.

Saiba tudo sobre email marketing para igrejas.

Controle de células e grupos familiares

Veja todas as células e grupos ativos na igreja, quem está participando e a relação de presença desses membros. Com esses dados é possível mensurar o engajamento dos membros com a igreja e seu compromisso com a palavra de Deus.

Controle de eventos da igreja

Anote todos os eventos que irão ocorrer na igreja, festividades, aniversários, peças de teatro, tenha tudo no sistema que depois será possível saber quantas pessoas participaram, a quantidade de membros que estavam presentes, permitindo que uma análise seja feita do ocorrido para que os próximos eventos sejam sempre maiores e atraiam mais pessoas que o anterior.

Saiba a importância em manter a agenda da Igreja online.

Controle eletrônico de reuniões

O Sistema membros web irá deixar gravado todas as reuniões que estão para acontecer, o tema que será debatido, resultados da reunião, se foi produtivo ou não, quantidade de presentes e ausentes. Todas essas informações são importantíssimas para a administração da igreja, com todos esses dados fáceis de acessar, é possível que os líderes da igreja tenha conhecimento dos membros que estão participando das reuniões e dos que estão frequentemente ausentes, unindo essas informações com a integração de emails e sms, basta apenas enviar uma mensagem para este irmão que não pôde estar presente e lembrá-lo nas próximas reuniões.

Controle de patrimônio

Ter todo o controle patrimonial da sua igreja no sistema membros web é uma das grandes facilidades que estão disponíveis atualmente. Faça o balanço patrimonial, balancetes por período, análise de receitas e despesas, livro razão e caixa, razão auxiliar e todos os outros dados que são necessários para se ter o controle patrimonial da sua congregação sempre em dia, de uma forma rápida e mais eficiente do que ter tudo anotado em papel.

Relatórios estatísticos e financeiros das congregações em tempo real

Saiba como está o andamento das entradas e saídas da igreja a qualquer momento, em que os valores foram gastos, quanto foi arrecadado, valor utilizado somente com despesas fixas e muito mais informações, tudo em tempo real para saber exatamente como a sua congregação está no momento.

Controle de caixa com programação das finanças da igreja

Programe pagamentos e despesas futuras que a congregação irá ter, planeje seu ministério para que os valores que serão necessários sempre estejam disponíveis em caixa e evite imprevistos nas contas da igreja. Uma igreja bem sucedida é aquela que não deve ao homem e está com sua casa íntegra com as leis.

Saiba a importância em ter um sistema para igrejas.

Comunicação direta com outras igrejas

Se você faz parte da sede ou filiais de uma igreja e precisa se comunicar com os secretários das outras congregações, basta utilizar o sistema e enviar seu comunicado para quem for necessário, além de ter tudo que foi dito nos registros do sistema, é o meio mais rápido e eficiente de se tratar de assuntos internos da igreja.

Acompanhamento nas atividades da igreja

Saiba o que está acontecendo na igreja, as festividades, eventos, missões e apresentações que estão sendo planejadas, os membros que irão executá-las e como estão suas participações. Verifique todos os membros que possuem algum cargo e acompanhe o desenvolvimento deles dentro da igreja. É possível também ter no sistema os visitantes que estão presenciando mais cultos, dessa forma saberá como lidar com eles na hora de convidá-los a fazer parte da membresia da igreja.

 

Os arquivos da sua Igreja em um local seguro e disponível sempre

Essas foram apenas algumas funcionalidades que alguns sistemas permitem que a igreja tenha o total controle de sua congregação. Lembre-se que os sistemas são online e podem ser acessados de qualquer lugar, então caso o líder não possa comparecer à igreja por estar doente ou muito atarefado, ainda sim terá o controle e gestão da sua igreja tanto em casa como no trabalho.

Carteirinha de membro de igreja

Carteirinha de membro de igreja

Carteirinha de membro é algo essencial para todas as igrejas, é a maneira que a congregação tem para organizar o reconhecimento e mostrar aos membros que eles realmente fazem parte dessa família em cristo e que são importantes para o crescimento da igreja.

Carteirinha de membro

Quando um membro se cadastrar na igreja para fazer parte da membresia é necessário que seus dados sejam preenchidos na ficha de cadastro de membros da igreja, esses dados ficam no sistema para igrejas, para manter contato com os irmãos e sempre lembrá-los dos compromissos e eventos que irão ocorrer na igreja.

Não são todos os dados que estão na ficha cadastral do membro que são inseridos em sua carteirinha de membro, apenas os mais relevantes e principais como nome da igreja, logotipo da igreja, nome do membro, cargo ou função que é exercida dentro da congregação, cidade e a data que foi expedida. Esses são os dados de uma carteirinha de membro mais simples, algumas são mais extensas e possuem duas páginas, nesse tipo de carteirinha é possível que os dados pessoais do membro como estado civil, rg, cpf e outros dados sejam acrescentados.

Algumas igrejas utilizam papel simples para a emissão de suas carteirinhas de membros, o custo é menor e é mais simples de ser feito sem ser necessário contratar uma gráfica para imprimir a carteirinha de membro de igreja.

Caso sua igreja esteja iniciando agora ou seja pequena, pode ser válido ter carteirinhas de papel para os membros com a intenção de economizar nas despesas da congregação, mas tenha em mente que a qualidade da carteirinha de membro reflete em como as pessoas irão ver o cuidado que a igreja tem com as suas ovelhas.

Carteirinha de pastor

É interessante fazer a carteirinha de pastor, mantem a Igreja organizada. Muitas Igrejas criam a carteirinha de pastor devido ao fato da Igreja ter muitos pastores, mas este número é sempre menor que o de membros, por este motivo fazer carteirinha de pastor pode ficar mais caro do que a carteirinha de membros. As gráficas cobram mais barato pela quantidade alta do pedido. Talvez seja interessante sua Igreja considerar adquirir uma máquina de impressão em pvc, a longo prazo pode ter um bom custo-benefício.

Carteirinha de membro de igreja

Se sua igreja é bonita mas os obreiros não cuidam dela no sentido físico como realizar pequenos reparos, pinturas, parte elétricas e outras manutenções, isso fará com que os membros pensem que a congregação não é zelosa com o que é feito para Deus, a mesma forma é aplicada na criação da carteirinha de membros da igreja. Se a carteirinha que sua congregação fizer não for cuidada, zelosa e bem feita, refletirá que a congregação não tem os cuidados necessários para manter a casa do Senhor bem cuidada.

Carteira de membro da igreja

Não existe problema nenhum em sua igreja ter uma carteira de membro feita de papel, mas tenha cuidado para que sejam criadas de uma forma eficiente e zelosa, coloquem dentro de capas plásticas para preservar a carteirinha, isso fará grande diferença na forma como seus membros enxergam a sua congregação.

Carteira de membro para imprimir

O mais aconselhado e utilizado são as carteirinhas feitas de PVC, são mais resistentes e o material é bem consistente para ser transportado para qualquer lugar. Diferente do papel, as carteirinhas em pvc não ficam moles e nem estragam caso água seja derramada em cima acidentalmente.

Veja mais sobre sistema membros web

Grandes empresas fazem o crachá de seus colaboradores em pvc justamente por ter um custo x benefício relativamente bom e ter uma qualidade que permita a durabilidade do produto.

Algumas empresas criam carteirinhas de membros de pvc personalizadas, além das opções padrões que alguns sites oferecem também é possível que sua igreja crie seu próprio modelo de carteirinha de membro e peça para a gráfica fazer em pvc.

Independente do material que for escolher para criar a carteirinha de membros da sua igreja, lembre-se de fazer com amor e cuidado pois também faz parte da obra do nosso Senhor Jesus.

Quando cuidamos com zelo das pequenas coisas dentro da casa de Deus, isso reflete em como os membros e visitantes enxergam a congregação e a impressão que eles têm de como a igreja é administrada. Cuide bem da sua igreja e das carteirinhas de membros.

Para imprimir a carteira de membro, você pode procurar uma gráfica ou algum serviço on-line que forneça este serviço.

Modelo de carteirinhas de membro:

Separamos alguns modelos de carteirinhas de membros para você se inspirar.

Gestão Presbitério

Gestão Presbitério

Quando falamos em Gestão Presbitério normalmente pensamos diretamente no pastor, o que não é errado, mas não é apenas ele que faz a administração da igreja, o presbítero necessita do auxílio de outros presbíteros e pastores que fazem parte de seu ministério.

Muitas vezes nos encontramos com diversos presbíteros nas igrejas, mas não sabemos realmente quais são suas funções e no que eles contribuem para o crescimento da igreja, para isso é importante entender um pouco mais sobre Gestão Presbitério.

Primeiramente vamos falar sobre o que é um presbítero e como ele surgiu biblicamente.

Presbítero é o homem que está a disposição de atender as necessidades da igreja nos assuntos relacionados em cuidar dos membros, ensinar-lhes a palavra, orar pelas suas vidas e supervisionar os assuntos da sua congregação.

Acima de todas as suas funções os presbíteros devem sempre zelar pelo seu rebanho, sempre instruindo-os na palavra do Senhor, fortalecendo os que estão fracos, repreendendo os que cometeram algum erro é lidar com os irmãos mais trabalhosos. A missão do presbítero é cuidar dos seus irmãos da mesma maneira que fosse prestar contas para Deus.

Gestão Presbitério – Benefícios

Os pastores, presbíteros e líderes que são nomeados com o auxílio do Espírito Santo, tem o dever de manter sempre a organização da igreja(Gestão Presbitério) em todos os setores, financeiro, pessoal e profissional de seus irmãos. O controle de todas as atividades que envolvem a igreja devem estar em conhecimento do pastor(site para pastor), apenas dessa forma que a organização da igreja irá funcionar. (Veja mais sobre Administração Eclesiástica)

No Novo Testamento Jesus Cristo que é nosso pastor supremo tem como objetivo de cuidar de suas ovelhas através de outros homens, que saibam ensinar sobre a sua palavra, guardam, guiam e protegem suas ovelhas acima de tudo. Isso nos diz que mesmo a igreja estando na liderança do seu pastor, buscar por homens que estão constantemente ensinando a palavra do nosso Senhor e cuidando de outros irmãos deve ser algo comum.

Gestão Presbitério – O tempo

A gestão do tempo é muito importante. Existem 4 pilares da gestão de tempo (veja neste vídeo sogre gestão de tempo).
Outros pontos importantes são:

  • Tire um tempo para se organizar
  • Diminua a quantidade de reuniões
  • Liste toda sua programação
  • Seja compromissado
  • Utilize a tecnologia a seu favor

Dentro da igreja podemos dizer que existem algumas funções em que o presbítero é mais participativo que outros irmãos de sua congregação.

  1. Os presbíteros sempre auxiliam a resolver qualquer tipo de conflito que possa existir na igreja, a própria bíblia nos diz: “Então alguns que tinham descido da Judeia ensinavam aos irmãos: Se não vos circuncidardes, segundo o rito de Moisés, não podeis ser salvos. Tendo Paulo e Barnabé contenda e não pequena discussão com eles, os irmãos resolveram que Paulo e Barnabé e mais alguns dentre eles subissem a Jerusalém, aos apóstolos e aos anciãos, por causa desta questão” (Atos 15:1-2). Essa passagem nos ensina que os presbíteros são responsáveis por tomarem decisões, pois mesmo a questão sendo levantada e muito argumentada, essas pessoas foram aos apóstolos e presbíteros para obterem a resposta de um servo do Senhor Jesus.
  2. Uma das missões que os presbíteros possuem é sempre orar pelos enfermos para que a vontade do Senhor seja feita, como a própria palavra nos ensina: “Está doente algum de vós? Chame os presbíteros da igreja, e estes orem sobre ele, ungindo-o com óleo em nome do Senhor” (Tiago 5:14).
  3. Os presbíteros têm o dever de liderar ovelhas é cuidar da obra do senhor sempre com humildade e sem pretensão nenhuma de ganho financeiro, devem servir ao nosso Deus pois possuem o desejo em seus corações de ajudar e pastorear o rebanho. “Aos anciãos, pois, que há entre vós, rogo eu, que sou ancião com eles e testemunha dos sofrimentos de Cristo, e participante da glória que se há de revelar: Apascentai o rebanho de Deus, que está entre vós, não por força, mas espontaneamente segundo a vontade de Deus; nem por torpe ganância, mas de boa vontade; nem como dominadores sobre os que vos foram confiados, mas servindo de exemplo ao rebanho. E, quando se manifestar o sumo Pastor, recebereis a imarcescível coroa da glória” (1 Pedro 5:1-4).
  4. O auxílio na vida espiritual de todos os membros da igreja devem ser feitos com amor pelos presbíteros que fazem parte do ministério pois eles também sao responsáveis pela vida espiritual dos irmãos da igreja, seja auxiliando-os pessoalmente ou intercedendo por eles. “Obedecei a vossos guias, sendo-lhes submissos; porque velam por vossas almas como quem há de prestar contas delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil” (Hebreus 13:17)
  5. A próxima passagem bíblica que iremos ler nos fala sobre os apóstolo, mas também encontramos em 1 Pedro 5:1 que Pedro era tanto apóstolo de Jesus como presbítero. O versículo a seguir também nos mostrará a diferença entre presbítero e diácono, mas iremos focar apenas nos presbíteros neste artigo.”E os doze, convocando a multidão dos discípulos, disseram: Não é razoável que nós deixemos a palavra de Deus e sirvamos às mesas. Escolhei, pois, irmãos, dentre vós, sete homens de boa reputação, cheios do Espírito Santo e de sabedoria, aos quais encarregaremos deste serviço. Mas nós perseveraremos na oração e no ministério da palavra” (Atos 6:2-4).

Veja mais sobre sistema membros web

Essas são apenas algumas atribuições dos presbíteros da igreja(Gestão Presbitério), tendo sempre em mente que sua missão principal é ajudar as ovelhas da igreja sempre direcionando-as na palavra do nosso Senhor Jesus. Em outras palavras de uma forma geral, os presbíteros são os pacificadores de conflitos, responsáveis por orações, por ensinar os membros e tomar decisões que lhe são passadas pelo pastor da igreja.

Todos os irmãos que estão na função de presbítero deve ter em mente que tudo que eles fazem é para agradar a Deus, deve ser algo feito com amor e sem soberba pois a própria bíblia nos adverte caso não seja levado a sério o ministério da igreja: “Meus irmãos, não sejais muitos de vós mestres, sabendo que receberemos um juízo mais severo” (Tiago 3:1).

Hoje em dia os presbíteros também podem auxiliar seus pastores na gestão do site da igreja e das redes sociais, já que são grandes responsáveis em proclamar a palavra de Deus.

Deixo para você alguns vídeos riquíssimos que irão lhe beneficiar grandemente:

 

Ficha de cadastro de membros

Ficha de cadastro de membros

Criar a ficha de cadastro de membros da igreja é algo que irá aproximar nossos irmãos da congregação, fazendo com que se sintam em casa, que tenham uma igreja presente em suas vidas e permitindo que façam parte do corpo de Cristo.

A gestão da sua igreja é importantíssima em todos os setores, seja na tesouraria, missões, membros e ministério.

Não existe uma fórmula certa para se criar uma ficha de cadastro de membros, cada igreja possui uma ficha com base nos dados que acha necessário para sua congregação, mas existem alguns dados que são essenciais em qualquer ficha de cadastro.

Ficha de cadastro de membros

Abaixo iremos listar os principais dados que não podem faltar na ficha de cadastro de membros (veja mais sobre sistema membros web), são eles:

  • Nome completo – Este é o mais óbvio de todos, todo cadastro é iniciado com um nome, garanta que seu membro insira o nome completo para facilitar o seu cadastro e quando for achá-lo na lista para fazer algum comunicado.
  • Pai e Mãe – Necessário para saber se a família do membro está na igreja, com essa informação é possível ter o controle de todas as famílias que estão indo à casa do Senhor e orar por todas as que não estão comparecendo.
  • Contato – Tão importante quanto o nome é sua igreja saber os números de contato de nossos irmãos, é sempre bom ligar ou enviar mensagens do nosso Senhor para eles, faz com que não se sintam esquecidos pela congregação.
  • Endereço – Algumas igrejas não colocam o endereço pois podem achar abusivo querer saber onde nossos irmãos vivem, mas a realidade é que é essencial essa informação para fazer uma visita à casa de nossos irmãos, fazer uma oração, saber que nosso irmão está lá e ter como ir ajudá-lo se preciso for.
  • Sexo – Também é óbvio que o sexo é necessário porque alguns nomes são unissex, ou seja, servem tanto para homem quanto para mulheres, exemplo: Ariel, Dominique entre outros.
  • Idade – Saber a idade dos nossos membros é sempre bom, a gestão da igreja consegue fazer um levantamento de qual a faixa etária de seus membros e também saber falar com cada irmão de acordo com sua idade.
  • Data de entrada – Necessário para saber quantos irmãos entraram em determinado período, verificar a evolução da igreja na quantidade de membros e saber a média de tempo que cada irmão fica presente na congregação.
  • Como chegou a igreja – É sempre bom saber se nossos irmãos vieram de outras congregações, estavam afastados, não eram evangélicos ou foram indicados por outras pessoas. Essas informações nos ajudam a ter uma noção melhor de como os membros estão chegando à congregação.
  • Grupos e Ministérios que faz parte – Informação importantíssima para saber se o membro possui algum cargo eclesiásticos dentro da congregação, pastor(site para pastor), presbítero, evangelista, grupo dos jovens, músicos e todos os ministérios da igreja ou se apenas frequenta como membro.
  • Batizado – Por último mas não menos importante, saber se os membros estão batizados nas águas e no Espírito Santo é importantíssimo para todas as igrejas, apenas os membros batizados nas águas podem ceiar comendo do corpo e bebendo do sangue de Cristo.

Estas são as 10 principais informações que não podem faltar em nenhuma ficha de cadastro de membros da igreja, a partir dessas informações é possível que a liderança da igreja tenha uma visão completa de como está o andamento da membresia da igreja.

Sabendo a idade média da igreja, quantas famílias estão congregado e quantos dos membros são batizados é possível que a gestão da igreja se prepare melhor para receber novos membros e administrar os atuais, sempre com o auxílio do Espírito Santo.

As formas mais comuns que as igrejas utilizam para fazer a ficha de cadastro é em forma de caderno ou livro em branco, não são as mais eficientes e tão pouco as menos trabalhosas.

Benefícios de usar Ficha de cadastro de membros virtual

Existem blocos prontos de ficha de cadastro de membros que podem ser encontrados em papelarias e sites de vendas na internet, ele facilita muito na gestão da igreja pois os atributos para serem preenchidos já estão presentes, basta os membros escreverem de acordo com o que é pedido no bloco de papel.

Um grande problema é que dessa forma só é possível ter apenas um bloco e um local de informação dos membros, o ideal é que esteja sempre na igreja para evitar que seja perdido ou esquecido em algum lugar, pois se isso ocorresse perderia o cadastro pessoal e importantíssimo de todos os membros da igreja. Sem contar que a igreja não seria mais tão levada a sério caso perdesse esses dados importantíssimos.

Se sua igreja possui caderno ou bloco com os dados dos membros, mantenha-as sempre dentro da congregação.

A forma mais eficiente e menos trabalhosa de se possuir a ficha de cadastro de membros da sua congregação é utilizando sistema de cadastro de membros online.

Quando os dados dos membros estão salvos na internet, mesmo que o computador da igreja tenha algum problema, será possível acessá-los depois de forma intacta e sem nenhuma alteração realizada. Veja o artigo que falamos de como é seguro manter os dados da sua Igreja na internet.

Existem diversos ficha de cadastro de membros de igreja evangélica grátis.

Outro ponto que torna o sistema online de cadastro de membros mais eficiente é que é possível acessar a ficha de cadastro de qualquer lugar, seja na igreja, em casa, no trabalho, utilizando computador, tablet ou o aplicativo para smartphones. Isso facilita muito na hora de saber sobre determinado membro que precisa ser contatado sobre algum culto, evento ou reunião que irá ter na igreja.

O SerDivino possui um sistema 100% online para sua igreja realizar a ficha de cadastro de membros, permitindo que seja acessada de qualquer lugar pelo administrador e por quem ele permitir o acesso.

Com experiência de mais de 9 anos somente com igrejas de todo o Brasil e do exterior, SerDivino sabe exatamente o melhor para sua igreja e por isso é possível que a ficha de cadastro seja acessada de qualquer lugar, inclusive pelo aplicativo das igrejas que todos os clientes ganham gratuitamente.

Modelo de ficha de membro

ficha de cadastro de membros

Administração Eclesiástica

Administração Eclesiástica

Administração Eclesiástica é um estudo que é baseado na bíblia e mostra como uma igreja deve ser administrada e organizada. Em toda a palavra de Deus é nítido que existe uma estrutura organizacional e administrativa que rege e guia seu povo e sua igreja.

Para falarmos com clareza como sua igreja deve realizar a administração eclesiástica, primeiro devemos entender o conceito de administração para então colocarmos nos termos bíblicos que nos são ensinados.

O que é Administração Eclesiástica?

Administração vem do termo latim AD (direção, tendência para) e MINISTER (subordinação ou obediência), realiza o desempenho de tarefas e a direção de assuntos de um determinado grupo. O conceito de Administração é bem amplo, mas em qualquer definição existem duas palavras que são essenciais e estão presentes nos termos bíblicos: gerenciamento e organização.

Grandes estudiosos como Stoner e Feeman afirmam que a Administração é o “processo de planejar, organizar, liderar e controlar o trabalho dos membros da organização, e de usar todos os recursos disponíveis da organização para alcançar os objetivos definidos”.

A grande realidade é que administração nada mais é que uma ciência que está relacionada com qualquer atividade que envolve direção, controle, organização, planejamento e diversas outras funções. Executar a parte administrativa é interpretar todos os objetivos que são propostos pela organização e dessa maneira os transformar em uma ação organizacional por meio de organização, planejamento, direção e controle de todos os esforços que estão sendo realizados em todas as áreas e níveis da organização, com o objetivo final de finalizar as tarefas da forma mais adequada a cada situação.

Toda cooperação organizada (igrejas, empresas, ONG’s) precisa ser administrada, por esse motivo se tem os líderes administrativos de cada organização para manter o bom andamento dos propósitos que foram estabelecidos. Já em nosso caso como igrejas, o pastor e presbítero tem o dever de acompanhar os objetivos propostos pela sua igreja e transformá-los em ação através de muito planejamento, organização, direção e controle de todos os esforços que os irmãos estão realizando em todas as áreas e níveis da igreja, com o propósito de conseguir realizar os objetivos propostos.

Administrar é o estudo de todos os  assuntos que estão ligados ao trabalho do pastor em relação à sua função de líder ou administrador principal da igreja em que congrega. Lembre-se sempre que a igreja é organismo e organização simultaneamente. É o tríplice aspecto: espiritual, social e econômico, organizados para atender à missão que Deus constituiu.

Administração Eclesiástica

Administração Eclesiástica

A igreja é um agrupamento de pessoas com um objetivo e um propósito definido a ser alcançado, dessa forma, desde os primeiros grupos sociais existentes foi criado a necessidade de estabelecer uma escala de comando com a função de fazer a gestão de todos os trabalhos coletivos.

Desde muito antigamente foi verificado que seria impossível apenas um homem realizar todas ou a maioria das atividades que era exigido para sua sobrevivência, ele precisava de outras pessoas para ajudá-lo a conquistar seu objetivo final. Mais importante que isso, o homem deveria saber a maneira correta de ser ajudado pelo os que lhe auxiliassem, realizando dessa forma as tarefas com eficácia e não atrapalhando o andamento delas.

De imediato nasceu um conjunto de atividades e atitudes que hoje em dia se chama administração, e com o decorrer do tempo se transformou em uma área de conhecimentos científicos. Muitos autores negam que a administração seja constituída de uma ciência na exatidão de sua palavra, mas a realidade é que toda ciência é caracterizada pelo seu conhecimento metodizado na verdade de acordo com um conjunto definido de fenômenos ou fatos.

Mesmo que alguns princípios da administração que citamos seja adotadas por nós, a igreja precisa ser guiadas por outros princípios. De acordo com sua natureza a igreja não se confunde com nenhum tipo de sociedade nem grupo ético. A corporalidade, organicidade e fraternidade nascem, estruturam-se e se perpetuam na volta de Jesus Cristo, nosso salvador e criador da comunhão dos santos. A missão da igreja é servir à Jesus pelo culto permanente e exclusivo à trindade, seja por meio do amor interno que permite a confraternização de todos os membros, pela fidelidade à bíblia sagrada, pela missão de evangelizar todos os povos e pelo testemunho cristão que deve ser permanente e incansável.

O que entendemos sobre Administração Eclesiástica?

Estes são os principais conceitos da administração eclesiástica que devemos praticar dentro da nossa igreja.

Os pastores, presbíteros e líderes que são nomeados com o auxílio do Espírito Santo, tem o dever de manter sempre a organização da igreja em todos os setores, financeiro, pessoal e profissional de seus irmãos. O controle de todas as atividades que envolvem a igreja devem estar em conhecimento do pastor, apenas dessa forma que a organização da igreja irá funcionar.

Possuir um controle de entrada e saída de membros e visitantes é essencial para sua igreja, com essa informação sua congregação será capaz de analisar a média de membros e visitantes que estão entrando e saindo e reavaliar a gestão da igreja. Verificar os pontos que estão sendo positivos e aperfeiçoá-los, já os pontos que estão negativos deve ser debatido entre a liderança da igreja e com o auxílio do Espírito Santo tomar as ações devidas para que os pontos em questão sejam melhorados.

Hoje em dia existem diversos sistemas online que facilitam a administração da sua igreja. Alguns não são completos mas possuem informações básicas para dar início a qualquer atividade administrativa dentro da igreja, outros, são muito completos mas seus valores chegam a ser exorbitantes e não valem o investimento feito.

Pesquise bastante sobre o que a gestão da sua igreja está precisando nesse momento, veja os sistemas que lhe permitem flexibilidade na atualização de informações e escolha o melhor para sua igreja.

O SerDivino possui um sistema administrativo completo para sua igreja, com cadastro de membros, entrada e saída de dízimos, quantidade de visitantes e muitas outras informações.

A melhor parte é que o sistema do SerDivino é online, então os líderes das igrejas conseguem acessar de qualquer lugar, seja computador, tablet, smartphone, tudo isso é possível pelo aplicativo gratuito que é fornecido para seus clientes.

Lembrando que todos os dados ficam salvos no sistema, dessa forma mesmo que o aplicativo seja desinstalado ou o computador seja trocado as informações continuarão intactas.

Relatório de culto

Relatório de culto

Quando falamos em relatório de culto, logo nos vem à mente diversos procedimentos burocráticos e que levam um pouco mais de tempo para serem concluídos, mas não se preocupe pois mostraremos a forma mais eficiente de se fazer um relatório de culto para sua igreja.

Primeiro partiremos do princípio do que realmente é um relatório, para que serve e como fazer um de forma simples e eficiente.

O que é um relatório de culto?

Relatório de culto é um conjunto de informações que serão utilizados para reportar resultados de diversas atividades, ações e outros eventos que estão em andamento ou foram concluídos.

Como fazer um relatório de culto?

A complexidade para se criar um relatório cresce de acordo com a quantidade de informações que será inserido, logo, se existir muitas informações que não são realmente necessárias o relatório ficará grande e difícil de ser finalizado, sem mencionar o fato de que conterá diversas informações que não serão úteis.

O primeiro passo para que o relatório de culto da sua igreja ser eficiente é ser o mais breve possível e possuir apenas informações relevantes.

O relatório de culto pode ser feito manualmente em caderno, blocos de papéis ou por sistemas online que facilitam o controle de informações.

Caso prefira fazer na forma de papel, lhe mostraremos todas as informações que são necessárias para que o relatório de culto da sua igreja seja simples e completo, sem que nenhuma informação falte e principalmente sem possuir informações que não são relevantes e irá apenas atrapalhar o processo da gestão da sua igreja.

Relatório de culto em papel

As informações que seu relatório deve conter são:

  • Número da página – Importantíssimo para pesquisar após muitos cultos e analisar dados passados
  • Nome da igreja e CNPJ
  • Data – Da mesma forma que o número da página, datando o relatório simplificará no momento futuro de conferir o que houve nos cultos anteriores.
  • Nome do Pastor – Importantíssimo pois algumas congregações mudam seus pastores, então se precisar de algum dado antigo saberá qual era o pastor que estava na direção da congregação naquele momento.
  • Dia da semana e horário em que aconteceu o culto
  • Diáconos em serviço – Um dado essencial para se criar novas escalas sem causar fadiga em nossos irmãos.
  • Testemunhos – Neste campo insira a quantidade de testemunhos que sua igreja teve no dia e o assunto da benção, se foi cura, prosperidade, livramento etc.
  • Batizados no Espírito Santo
  • Crianças apresentadas
  • Conversões – Necessário para saber a quantidade de pessoas que foram convertidas neste culto para obter uma média de conversões no futuro.
  • Visitantes – Colete o nome de todos os visitantes e a forma que eles chegaram à congregação.
  • Total de pessoas presentes – Muitas igrejas não colocam esse dado mesmo ele sendo importantíssimo para saber como está o crescimento da sua igreja.
  • Pastores presentes – necessário para se conferir quantos pastores eram visitantes e quantos fazem parte do ministério da sua igreja

Esses foram os dados gerais do relatório de culto da sua igreja, é importante ter o controle de todas as pessoas que estão entrando e saindo da sua igreja para realizar a comparação desses dados e saber de forma concreta como a igreja está se desenvolvendo.

Dados que precisam estar no relatório em relação à arrecadação de dízimos e ofertas também são essenciais, os dados que sua igreja irá preencher são:

  1. Dízimos
  2. Ofertas Gerais
  3. Ofertas Especiais
  4. Congregações (Entradas apenas)
  5. Outras entradas não provenientes de ofertas
  6. Total da arrecadação neste culto – Importante NÃO inserir ofertas para missões aqui, terá um campo específico para missões.
  7. Ofertas para Missões – Desta forma é possível separar o valor exato que foi para as missões e ajudar nossos irmãos propagar a palavra de Deus por todos os lugares.

É importante que o relatório de culto da sua igreja tenha um campo específico para os dizimistas, dessa forma irá melhorar o controle dos seus membros (veja mais sobre sistema membros web) que estão dizimando para abençoar a casa do Senhor.

É simples e rápido uma relação dos dizimistas, faça dessa forma em sua igreja:

  • Nome do Dizimista
  • Forma de pagamento – Dinheiro, Cheque ou Depósito Bancário
  • Valor

Dessa forma o controle dos dizimistas da sua congregação estará completa e não será necessário inserir diversas informações para conferir o andamento dos membros dizimistas.

Outra maneira de realizar o relatório de culto da sua igreja é comprar blocos administrativos completos, muitas papelarias vendem e é fácil de encontrar. A desvantagem é que nem todos possuem os dados necessário para realizar um relatório de culto eficiente e a grande maioria tem menos informações do que são necessárias.

Relatório de culto online

Uma das formas mais eficientes e seguras de fazer o relatório de culto da sua igreja é utilizando ferramentas feitas especificamente para isso.

Diversos sites oferecem planilhas em excel ou sistemas próprios para o relatório de culto, algumas são muito complexas de se operar e não são recomendadas justamente pelo motivo que foi citado no começo deste artigo, quanto mais informações desnecessárias o relatório possuir, mais irá atrapalhar na gestão dos cultos da sua congregação.

O melhor recurso é o que disponibiliza que você salve seus arquivos online, sem precisar baixar nenhum programa e nem instalar nada em seu computador.

Normalmente os sistemas que permitem que os arquivos fiquem salvos na internet possuem a disponibilidade de acesso remoto via tablets e celulares, isso facilita muito caso precise verificar alguma informação quando não se está presente dentro da congregação.

relatorios de culto


Seja qual for o método que sua igreja escolher para realizar o relatório de culto, certifique-se sempre de que ele possua todas as informações necessárias para um relatório eficiente, pesquise bem, existem diversos programas com muitas informações que não serão utilizadas e só atrasaram na hora de preencher o relatório.

Sistema para igrejas

Sistema para igrejas

Toda tecnologia tem o lado bom e o lado ótimo, hoje vamos falar da melhor parte tecnológica, sistema para igrejas, que irá ajudar sua igreja a se tornar muito maior e melhor.

Existem diversos Sistema para igrejas que são feitos para igrejas de todos os tamanhos, desde as pequenas casas de oração até as grandes igrejas com mais de mil membros.

Uma coisa é certa, todas as igrejas grandes utilizam da tecnologia para conseguir administrar sua membresia, contratam serviços de sms para sempre enviar comunicações importantes, possuem site feito com o objetivo de fazer a diferença na internet, criam eventos e festividades de sucesso e principalmente se planejam para que toda sua agenda aconteça conforme o planejado.

Quanto mais planejado e bem executado for a agenda da sua igreja, menos improvisos terão e a palavra do nosso Senhor Jesus será propagada sem margem para erros. Afinal, tudo que é para nosso Deus devemos fazer da melhor maneira possível, certo?

Iremos falar agora de alguns dos muitos sistemas que existem na internet que irão ajudar sua igreja a possuir uma gestão muito melhor em todos os seus aspectos.

Sistema para igrejas – Painel de Controle

Todo sistema para igreja possui um painel de controle logo de início, se sua igreja utiliza um que não têm, troque imediatamente para um que possua um painel de controle, quanto mais completo for, melhor.

O Painel de Controle fornece todas as informações que estão presentes no sistema de uma forma simplificada e curta, ele é a página de entrada de todo sistema.

É importante estar atento aos relatórios e indicadores, todo sistema que se preze tem uma boa área de relatórios e indicadores.

Sistema para igrejas – Membros da congregação

É importantíssimo que o sistema que sua igreja utilize possua uma parte específica para cadastro de membros. O método mais eficaz de se verificar quantos membros estão presentes em sua congregação, quantos compareceram, os que faltam sem justificativa, tudo isso é importante para que a gestão da igreja entre em contato com todos os irmãos e se mantenha próximo deles.

Os melhores sistemas permitem que seja cadastrado endereço, telefone, fotos e que sejam criados grupos para famílias. Essa funcionalidade é muito interessante porque permite que a igreja veja se a família está acompanhando os cultos, se apenas uma parte dela compareceu e a outra não, com essas informações é possível que os líderes da igreja ajudem a família da melhor maneira.

Sistema para igrejas – Escola Bíblica Dominical

Um dos grandes pilares de toda igreja é a sua base na bíblia e como é vivido o evangelho que Jesus Cristo nos ensinou através de sua palavra.

Possuir uma parte específica no sistema para a escola bíblica dominical é importante para todas as congregações, os sistemas permitem que seja verificado todos os membros que estão comparecendo, crianças que estão indo para aprenderem sobre a palavra de Deus e a justificativa de todos que não puderam comparecer por alguma razão.

Alguns sistemas permitem que sejam enviados emails para os professores e os alunos, lembrando-os que o dia da próxima aula está chegando e o horário em que será ministrado o ensinamento, tudo isso com apenas um ‘clique’ no sistema.

Sistema para igrejas – Comunicação em massa

Algo que somente alguns sistemas permitem é que seja enviada uma mensagem para todos os membros cadastrados, famílias ou apenas para quem faz parte do ministério, basta escolher para quem enviar.

Este tipo de função facilita muito a forma como a igreja informa seus membros sobre eventos, festividades, cultos, escola bíblica dominical, reunião de líderes, ensaio dos músicos e qualquer outro tipo de informação que seja necessário enviar.

Também é possível lembrar todos sobre alguma doação em específico para ajudar nas missões da igreja, como doações de roupas, agasalhos, alimentos e recursos financeiros.

Sistema para igrejas – Obreiros da igreja

Essa função está disponível em muitos sistemas para igrejas existentes na internet. Ele permite que seja feito o acompanhamento de todos que ajudam em algum setor da igreja, seja na portaria, instrumentos, mesa de oração, limpeza, professor das crianças e ministério.

Sua igreja será capaz de saber se estes obreiros estão comparecendo, efetuar a avaliação do mesmo, anotar feedbacks dos demais membros e dessa forma sempre auxiliar para a melhoria dos obreiros da casa de Deus.

Sistema para igrejas – Financeiro

Toda igreja possui a tesouraria para cuidar das finanças da igreja, é um setor importantíssimo para a congregação pois a avaliação de gastos e despesas é essencial para o sucesso de todas igrejas.

É necessário que seja feito o levantamento dos dízimos e ofertas recebidos para pagar as contas essenciais como água, luz e gastos com instrumentos e tecnologia. Com base nessas informações a tesouraria é capaz de informar aos líderes da igreja se é possível realizar um evento ou festividade na congregação, fazer visitas à outras igrejas e fazer missões para ajudar outras almas que precisam de nosso Deus.

Um sistema que permita gerenciar todo o financeiro da sua igreja é muito importante para manter o controle sobre todos os gastos e evitar que qualquer valor seja desperdiçado.

Veja mais sobre Software de gestão para igrejas

Sistema para igrejas – Agenda

É necessário para todas as igrejas ter uma agenda bem definida para todos os meses, ter definido os dias e horários de cultos, escolas bíblica dominicais, eventos, festividades, reuniões importantes e saídas da igreja.

Tudo isso é possível realizar na agenda que é disponibilizada no sistema que for utilizado por sua congregação, faça bom uso da agenda e isso facilitará na gestão completa de sua igreja.

Veja mais sobre Agenda online da igreja.

Suporte do sistema

Todo serviço que é bem prestado possui um ótimo suporte para seus clientes, isso vale também no sistema para sua igreja.

Antes de contratar qualquer sistema para igreja, verifique se ele possui suporte para sanar qualquer dúvida sua que possa existir na utilização do mesmo, pergunte o máximo que puder antes de assinar com o serviço e assim sua igreja escolherá o melhor sistema no momento de sua contratação.

O SerDivino possui suporte via chat online 24h no site, email e whatsapp para todos os seus serviços. Sempre com o objetivo de ajudar nossos irmãos a fazer o melhor na internet para nosso Senhor e proclamar o evangelho de Cristo na internet.

Gestão de tempo dentro da igreja

Gestão de tempo dentro da igreja

Muito se ouve sobre gestão do tempo, administrar sua rotina, fazer seu próprio horário e conseguir não se atrasar nos seus compromissos, mas será que isso é realmente possível?

O dia a dia de muitas pessoas é bem corrido, acordamos cedo para trabalhar, pouco tempo no almoço, muito tempo gasto em transporte e muitas vezes só nos resta chegar em casa quase no horário de dormir.

Mas existe sim uma luz no fim do túnel para todos esses problemas e conseguir realizar uma vida mais produtiva, sobrando mais tempo para o lazer, família e principalmente ofertar ao nosso Deus o tempo que ele merece indo em sua igreja para louvar com nossos irmãos, orar juntos e aprender mais de sua palavra.

Nesse artigo iremos falar algumas dicas essenciais para que sua igreja consiga fazer a gestão de todo seu tempo e ajudar seus membros (veja sobre cadastro de membros) a se prepararem melhor para seus compromissos cotidianos.

Veja agora cinco dicas fundamentais para melhorar a gestão do tempo no seu dia a dia.

Tire um tempo para se organizar

Muitas pessoas e igrejas sabem que isso é importante mas raramente o fazem, a maioria das vezes não levará nem 30 minutos para que tudo que está acontecendo seja verificado e organizado.

Arrumar pastas, gavetas, deixar o local limpo e organizado facilitará muito no momento em que for necessário procurar documentos e arquivos para realizar certas funções. Isso vale também para arquivos digitais, reserve um tempo para deixar suas planilhas organizadas, atualizar arquivos e contatos de todos da igreja.

Diminua a quantidade de reuniões

Nem todos gostam de reuniões pois a grande maioria delas perdem o foco no meio do caminho, seja uma reunião na sua igreja, em casa e até mesmo no trabalho quando é para debater sobre determinado assunto, as probabilidades de não conclusão do motivo real da reunião são muito grandes e comum.

Verifique todas as reuniões que você costuma ir, quais são as muito importantes e essenciais, abandone todas que não trazem produtividade e só utilizam o tempo que poderia estar sendo usado para realizar outra tarefa ou até mesmo passar mais tempo com sua família.

Lembre-se que nem toda reunião é boa e importante, sempre que realizar uma reunião em sua igreja faça uma organização de todos os assuntos que devem ser mencionados, anote a conclusão deles e repasse tudo de forma clara e simples ao término para que não haja dúvidas, dessa forma será mais produtivo e os membros estarão satisfeitos de participarem de uma reunião que não perdeu seu foco no meio do caminho.

Liste toda sua programação

Pode parecer besteira mas a verdade é que nossas mentes não são capazes de gravar tudo e nos lembrar sempre, por essa razão que o uso de listas é essencial para que toda sua programação aconteça da forma esperada.

Mesmo que sejam feitas diversas pesquisas pela internet, todas elas irão apontar que uma das melhores formas da gestão do seu tempo é organizar tudo em listas, isso porque ela é muito simples de ser feita e atualizada.

É possível que seja planejado a programação mensal da sua congregação, dias e horários de cultos, quem irá pregar, os músicos, grupos que irão louvar, ensaios, reuniões e todas as informações que são necessárias para que sua igreja esteja sempre organizada e cumprindo suas obrigações sempre em dia.

Seja compromissado

Quando nos comprometemos com algo e nos esforçamos para que isso aconteça as chances de se obter sucesso aumentam drasticamente.

As vezes aquele tempinho a mais que você fica na internet para se distrair, conversando um pouco mais no trabalho, um tempo de lanche mais que o necessário ou até mesmo parado e pensando em nada, resulta em ter que correr e se apressar para fazer outras tarefas, essas pequenas coisas faz com que você chegue atrasado no trabalho, perca o início do culto ou até mesmo não consiga chegar em casa a tempo de ter um jantar com sua família ou de ficar um pouco com eles antes de dormir.

Seja rigoroso com você mesmo e seus compromissos, no começo pode causar um pouco de desconforto mas quando chegar no resultado e conseguir realizar aquela reunião importante na igreja no horário, o ensaio da festividade das crianças, chegar na oração do início do culto e ficar mais tempo com sua família e seu lazer, certamente saberá que foi bom e manterá seus compromissos em dia.

Utilize a tecnologia a seu favor

Existem diversos softwares e aplicativos em toda internet que auxiliam sua igreja e você a melhorar sua gestão de tempo, organização pessoal e realização de tarefas que são necessárias o acompanhamento para se manter informado se tudo está acontecendo como planejado.

Vamos listar alguns aplicativos úteis mas lembre-se que existem milhares de aplicativos disponíveis, use o que melhor funcionar para sua organização.

Evernote – Um dos mais conhecidos quando se trata em gestão de tempo, esse aplicativo é muito utilizado pela sua simplicidade e disponibilidade de ser utilizado tanto em computadores como em smartphones. É possível criar diversas notas e ir atualizando conforme suas tarefas e afazeres são concluídos.

Site: https://evernote.com/intl/pt-br/

Remember the Milk – Não se deixe enganar só por ele ter o nome em inglês, o aplicativo funciona em português e é muito indicado para o uso de listas de forma geral por especialistas em gestão de tempo. Possui compatibilidade com computadores e smartphones.

Site: https://www.rememberthemilk.com/

MindMeister – Um dos maiores aplicativos para se criar um mapa mental e conseguir fazer a gestão de todas as suas tarefas, compromissos pessoais, metas e lazer. Ele tem disponibilidade para todas as plataformas.

Site: https://www.mindmeister.com/pt/

Aplicativos para cristãos usarem no dia-a-dia

Descanse

Quando falamos em gestão do tempo, trabalho e tarefas, tanto em empresas como em nossas igrejas devemos sempre realizar da melhor maneira possível o que nos é confiado a realizar.

Se comprometendo e realizando todas as tarefas dentro do prazo lhe dará mais tempo para descansar, aliviando o estresse e possíveis dores no corpo.

Lembre-se que o cansaço não é só físico mas psicológico também, é essencial que você tenha uma boa noite de sono e descanse bem para que isso não atrapalhe na realização de outras tarefas, afinal, quando se erra em algum trabalho as chances de ter que refazê-lo são maiores e isso tomará mais tempo do que o necessário.

Veja mais em Sistema para igrejas