Autor: SerDivino

5 ideias de divulgação para famílias

5 ideias de divulgação para famílias

Gostou? Compartilhe!

Alcançar as famílias em sua comunidade é fundamental para construir uma igreja saudável. Algumas outras igrejas também fizeram grandes progressos na recuperação do culto familiar. Embora esses tipos de programas sejam uma ajuda incrível para as famílias, a igreja tem a oportunidade de dar um passo adiante.

Com um pouco de planejamento extra, sua igreja pode ajudar as famílias a se aproximarem umas das outras e formar memórias inestimáveis ​​que durarão muito tempo depois de uma noite livre para o casal terminar. As seguintes ideias de eventos são um ótimo lugar para começar e pode ser feito dentro da sua congregação ou em locais públicos como parques e outros.

Lembre-se, nem todos os programas devem estar dentro das quatro paredes de um edifício da igreja. Experimente fazer ao ar livre também.

  1. Noite de cinema

Ao longo dos últimos anos, muitas igrejas instalaram grandes telas de projetor em sua congregação. Essas telas são quase sempre emparelhadas com um sistema de som. Se você ainda não pensou se esgueirar em uma noite e ver seu filme favorito na tela grande, muitos na sua igreja desejam fazer isso!

Tudo o que você precisa para esta noite de diversão é o DVD e os direitos de reproduzir filmes para o público! Procure sempre por títulos que irão acrescentar algum aprendizado na vida das famílias e entretê-las ao mesmo tempo.

Para as noites normais de cinema, as pessoas da Primeira Igreja Metodista escolhem fazer o seu evento em outros locais que possuam uma tela grande. Muitas vezes, as igrejas e o espaço de adoração podem ser muito intimidadores para um convidado pela primeira vez “, disse Fernando Soares, diretor de ministérios familiares. Ao usar o espaço para um evento divertido primeiro, esperamos que seja mais fácil entrar para o culto. ”

Quando a noite acabou, eles simplesmente deixam as pessoas saberem que podem voltar ao mesmo lugar, sábado ou domingo, e nos outros dias de culto para adoração.

  1. Festa da Tinta

O que é uma coisa que as crianças adoram fazer e os pais adotam por causa da confusão que ela cria? Você adivinhou, pintando! A melhor parte desse evento é que é muito simples e é possível unir pais e filhos dentro da sua própria igreja.

Reúna as tintas que você já tenha em torno de sua igreja e compre algum papel de qualidade de tinta. Faça uma excelente noite para sua comunidade.

Se desejar levar isso para o próximo nível, encontre alguém (talvez um membro da igreja) que dê aulas de pintura e peça que ele venha para o evento e dê uma pequena lição antes de iniciar o evento e também dar dicas às pessoas enquanto pintam. Alguns professores de pintura teriam a chance de se conectar com esses muitos potenciais clientes e podem teriam o prazer de fazer de graça! Se as pessoas adoram essa idéia e querem se envolver mais em eventos recorrentes de arte, considere criar uma comunidade artesanal em sua igreja.

  1. Master Chef

Outro evento que está na categoria de coisas bagunceiras que os pais deixaram de fazer com crianças em casa é cozinhar, além disso, está super na moda. Embora as crianças freqüentemente peçam para ajudar durante a semana ou acordam de manhã para fazer um belo café da manhã, a bagunça das mãos pequenas em todos os ingredientes (e a limpeza necessária depois) pode ser demais para lidar.

Sua igreja pode deixar todos cozinharem uma pizza ou simplesmente criar e decorar um lote de biscoitos, isso é uma diversão para todos os envolvidos! Para torná-lo especialmente envolvente para as famílias, vá além disso. Separe os ingredientes e coloque-os em recipientes para cada família.

  1. Servindo Alimentos aos outros

Nada vincula mais as pessoas com a missão de Deus do que servir e ajudar outras pessoas. No entanto, muitas dessas oportunidades não permitem que as crianças estejam presentes ou participem.

Comece com um alvo de todas as idades em mente. Você pode encontrar um jardim comunitário, um lixão, um local onde muitos moradores de rua estão e que necessite de alimentos ou até mesmo locais que precisam de comida como casas de recuperação entre outras para que sua igreja possa usar esta ajuda para fazer doações e ajudar muitas vidas. Ou, você pode entrar em contato com o coordenador de voluntários em missão da sua matriz. Também é possível até mesmo escolher servir uma refeição para famílias da sua congregação que precisam ou para melhorar o relacionamento familiar, assim como as pessoas da Igreja Metodista Unida da Providência fizeram. Seja qual for o caso, certifique-se de ter pessoas com crianças que visitam o site com você para garantir que todas as idades encontrem um trabalho significativo e que o amor de Deus seja espalhado para outras vidas!

Pensar em como a Igreja pode ajudar a criar esses programas e com uma forma sustentável de divulgação da comunidade para que as famílias possam participar.

  1. Caixa de construção

A maioria das pessoas já viu uma criança abrir um brinquedo, descartar o brinquedo e brincar com a caixa em que veio. Alguma coisa sobre a possibilidade ilimitada de uma caixa de papelão libera a imaginação de crianças e a alegria no seu coração. No entanto, nem todos tem espaço suficiente em sua casa para guardar as caixas de brinquedos.

Ajude as famílias da sua comunidade a engajar sua criatividade com essas caixas, tudo o que é necessário fazer é coletar caixas e fita adesiva. Muitas lojas de móveis e eletrodomésticos têm um fornecimento constante de caixas de papelão. Um telefonema com algumas semanas de antecedência lhe dará tudo o que você precisa. Como eles já têm as caixas, você tem um local de descarte!

Você pode dar licença aos participantes para fazer o que quiserem ou oferecer inspiração como mostrar vídeos de construções de papelão como um castelo de caixa ou instruções sobre a construção de um castelo de tamanho pessoal.

É sempre bom sua igreja ter total ciência dos seus limites antes de realizar um evento ou festividade para não prejudicar a vida financeira de sua congregação.

Considere os programas mais simples antes de adicionar mais. Além disso, pode haver uma maneira melhor de abordar a construção da comunidade. Pense em combinar habilidades comunitárias com as necessidades das pessoas que frequentam sua igreja. Dessa forma, as pessoas dependem menos dos programas da igreja. Em vez disso, as pessoas se tornam verdadeiramente a igreja e dependem uma da outra.


Quaisquer que sejam os métodos que sua igreja escolher, o objetivo é o mesmo: ajudar sua comunidade a se aproximar de suas famílias e formar memórias inestimáveis ​​em sua igreja.

Faça isso e você verá os resultados incríveis, além de propagar o amor de Deus cada vez mais nos corações das famílias.

Gostou? Compartilhe!
7 ótimas dicas para o site da sua igreja

7 ótimas dicas para o site da sua igreja

Gostou? Compartilhe!

Assim como falamos em nosso outro artigo (como usar o marketing a favor da sua igreja), é muito comum sabermos que todos os dias as igrejas do mundo todo estão utilizando diversos métodos diferentes para conseguir se comunicar com as pessoas, tanto os membros, visitantes e pessoas que ainda não foram visitar sua congregação.

Tendo em vista que esse assunto é algo muito necessário e que pode ajudar e muito a sua igreja a crescer, nós separamos 7 dicas para ajudar o site da sua igreja a ter mais destaque e lhe mostrar a tendência tecnológica da comunidade Cristã no mundo.

  1. Vídeo de boas vindas

Algumas igrejas estão aproveitando a tecnologia e criando vídeos de introdução para os sites da igreja. Esta é uma ótima maneira para os pastores interagirem com sua congregação de uma forma totalmente prática. Para as pessoas que estão conhecendo a igreja agora ou visitantes recorrentes, isso pode ser extremamente benéfico. Em vez de uma página genérica de boas-vindas, um ótimo diferencial é adicionar um vídeo para dar as boas vindas para as pessoas, isso irá diferenciar sua igreja além de permitir que a criatividade e a personalidade da sua igreja estejam bem claras para todo o mundo.

Crie um vídeo, pode ser via celular mesmo e publique no youtube, após isso, integre o vídeo do youtube, no site da sua Igreja, de preferência na página inicial.

  1. Álbuns de fotos

Esta é uma dica muito básica, porém muito eficaz para os membros da igreja. Incluir uma apresentação de slides regularmente atualizada ou um álbum de fotos de cultos, eventos, festividades e outras coisas que acontecem na igreja pode ajudar as pessoas que não estavam presentes em um evento ou batismo se sentirem feliz por outros irmãos pois estarão compartilhando a experiência que foi vivida pelos outros membros e visitantes que estavam presentes.

Criando um site para igrejas no SerDivino, você pode inserir quantas fotos desejas, não há limite de fotos.

  1. Batismos

Existem várias maneiras pelas quais as igrejas podem aproveitar ao máximo esse evento. Quer se trate de fotos, um vídeo e / ou informações de testemunho sobre a pessoa que está sendo batizada, publicar sobre isso online é encorajador e divertido para os membros da igreja, especialmente se eles conhecem bem a pessoa ou estão interessados ​​em serem batizados.

Juntamente com isso, algumas igrejas fornecem informações sobre o batismo em seu site. Imagine o quanto mais intrigante essa informação seria junto com uma foto ou vídeo de um verdadeiro batismo, certamente as pessoas irão interagir sobre esse evento.

No SerDivino, você pode criar páginas de conteúdos e inserir informações sobre o batismo. Não há limite de criação de páginas, você cria facilmente através do gerenciador de conteúdo do site da Igreja.

  1. Recursos do Sermão

Que melhor maneira existe de ajudar as pessoas a se envolver com um sermão ou a palavra de Deus do que manter uma conversa online? Algumas igrejas estão adicionando conteúdo on-line, como links, vídeos e infografia para permitir que as pessoas continuem a interagir com o que aprendeu durante a mensagem.

  1. Sermões “90 segundos”

As pessoas gostam de ficar entusiasmadas com o que vem depois. Basicamente, esta é apenas uma maneira rápida e simples de visualizar a palavra principal de domingo. Os pastores podem encorajar os membros a ler a passagem de antemão ou a considerar algumas questões que o pastor abordará durante a lição. Esta é uma ótima maneira de interagir e aumentar o interesse, principalmente se for para a escola bíblica dominical, onde será ensinado sobre a palavra de nosso Senhor Jesus.

  1. Perguntas e Respostas

Assim como muitas organizações, as igrejas participam do diálogo com as pessoas e interagem sobre diversos assuntos nas redes sociais. Através de plataformas como Facebook e Twitter, as igrejas estão encorajando seus seguidores a fazer perguntas e tirarem dúvidas sobre como ter uma vida com fé em Cristo. Além disso as dúvidas podem ser sobre as próximas viagens de missões, arrecadadores de fundos ou eventos, ter uma parte específica de “Perguntas e Respostas” freqüentes pode manter os membros da igreja atualizados e conectados à sua comunidade.

No SerDivino, você pode criar páginas de conteúdos e inserir informações sobre o batismo. Não há limite de criação de páginas, você cria facilmente através do gerenciador de conteúdo do site da Igreja.

  1. Hashtags

Hashtags não são apenas para adolescentes. Embora você não precise necessariamente fazer uso desse recurso toda hora, algumas igrejas estão usando hashtags personalizados para manter as pessoas conectadas com o que está acontecendo em sua igreja. Um exemplo compartilhado foi fazer uso de hashtags para deixar as pessoas falarem sobre como Cristo mudou suas vidas. Outro exemplo é usar uma hashtag de fotografias no Instagram para que as famílias da igreja possam continuar a construir uma comunidade.

Utilize as hashtags no facebook, twitter e instagram, depois disso integre as mídias sociais no site da sua Igreja e deixe que todos saibam sobre suas publicações.

No SerDivino, você consegue integrar todas as mídias sociais ao seu site e assim aumentar muito a interatividade com seus visitantes.


Fizemos uma pesquisa com algumas Igrejas Brasileiras que tem projeto no exterior e conseguimos identificar algumas tendências de outros países. Estas são as sete dicas que estão sendo tendência em todo o mundo e que realmente dão resultados se possuir um acompanhamento regular dessas atividades.

Caso você tenha qualquer dúvida ou precise de ajuda, experimente comentar aqui no final deste artigo e inicie um debate sobre este assunto. Esperarei

por você.

Gostou? Compartilhe!
8 maneiras simples de melhorar a comunicação da igreja

8 maneiras simples de melhorar a comunicação da igreja

Gostou? Compartilhe!

Foi muito divertido criar o SerDivino, e aprendemos muito no processo de trabalhar com muitas igrejas. Percebemos pontos cruciais de comunicação que agora iremos passar para você.

Nestes longos 8 anos, tivemos grandes experiências com Igrejas internacionais. As Igrejas dos estados unidos, por exemplo, participam de seminários de comunicação, há treinamento para tudo, uma troca de experiência muito válida que ainda é pouca aqui no Brasil, mas estamos caminhando para um futuro brilhante de alcançar muitas pessoas.

Melhorar a comunicação da Igreja

Aqui estão oito coisas que qualquer Igreja pode implementar quase que imediatamente para melhorar a comunicação. Espero que os ache úteis!

1) Não diga demais – Se você está tentando dizer tudo, você acabará por se comunicar nada. Considere o típico boletim da igreja (Nós temos essa funcionalidade). Ao longo do tempo, eles acumularam tanta informação nessas semanas que as pessoas não se preocupam em nem tentar resolver tudo. Então você acaba se comunicando com nada. O mesmo se aplica aos e-mails ou cartas que você envia. Se eles contêm tanta informação, ninguém incomoda em lê-los, eles não estão fazendo nada de bom. Diga menos e você se comunicará mais.

2) Respeite o tempo de todos – Quer estejam ouvindo anúncios no domingo, lendo seu boletim ou navegando em seu site, não perca seu tempo. Certifique-se de que o que você está incomodando dizer é importante para o seu povo (não apenas para você). E tente não transmitir a todos as coisas que apenas um pequeno grupo de pessoas precisa ou quer ouvir. Eventualmente, eles vão apenas sintonizar você completamente.

3) Tenha uma presença na web atualizada – Isso significa que você está na web. Site da Igreja dinâmico (crie o seu aqui), Facebook, Twitter, seja o que for. Quando as pessoas visitam seu site ou página do Facebook, eles estão querendo se comunicar com você. Eles estão querendo construir um relacionamento com você. Se eles chegarem ao seu site e não podem encontrar informações atualizadas, é uma oportunidade perdida. E se eles encontrarem informações desatualizadas, ele se comunica com eles que não deve haver nada acontecendo aqui. E eles seguem em frente.

4) Não desperdice oportunidades para se conectar – Quando alguém visita seu site (ou sua igreja para esse assunto), o que você está fazendo para continuar o relacionamento? Não os deixe sair sem conexão. Obtenha alguma informação deles. Dê-lhes um item de ação. Algo para fazer. Um evento para participar. Uma maneira de dar um próximo passo na caminhada de fé. Coloque-os em sua lista de e-mail e imediatamente conectado aos seus ministérios ativos. Não perca a oportunidade de se conectar.

5) Use um serviço de e-mail adequado – A maneira #1 (e mais fácil) de manter seus membros atualizados neste dia e idade é através de e-mail. Quase todos usam. É barato, rápido e fácil. Mas é uma boa ideia usar um serviço de e-mail adequado se você estiver enviando grandes quantidades de e-mail. Isso irá melhorar a capacidade de entrega (ou seja, evitar filtros de spam), manter o seu próprio servidor web fora das listas negras, certifique-se de que você é legalmente compatível (como dar às pessoas maneiras fáceis e imediatas de se inscrever e cancelar a inscrição), tornar os seus boletins informativos lindos e – se você usar SerDivino, terá e-mails próprios – capacitar todos os líderes do ministério para gerenciar suas listas de distribuição como uma equipe e se comunicar de forma profissional e efetiva. Como você continua seu relacionamento entre os domingos? Esta é uma das formas mais fáceis e essenciais de expandir e reforçar a sua rede social . É mais do que vale a pena os custos, também.

6) Considere sua audiência – Muitas igrejas são pegas apenas ouvindo e atendendo a minoria vocal já envolvida. Então eles não devem se surpreender quando não parecem chegar a mais ninguém. Se você quiser envolver o não vinculado, você deve considerar esse público em particular. Não basta dizer coisas que são interessantes para você . Diga coisas que são interessantes para eles e de uma maneira que eles vão entender e ficar intrigados.

7) Lembre-se de que a comunicação vai em ambos os sentidos – A comunicação é sobre ouvir como se trata de falar. O que você está fazendo para ouvir primeiro o seu povo? Descubra onde estão e o que eles estão pensando. Então você saberá onde encontrá-los com a mensagem que você gostaria de se comunicar.

8) Não se assuste – muitas igrejas têm medo de se comunicar. Eles são intimidados pelas tecnologias mais recentes ou congelados com medo de quebrar diretrizes pesadas e cometer erros. Então eles fazem pouco ou nada. Realmente não há como não se comunicar. Não se comunicar ainda está comunicando algo. Ele comunica o medo. Ele comunica apatia. Ele comunica que talvez não possamos ter algo que valer a pena se comunicar. E, como trabalhamos para a Igreja, nada disso pode estar mais longe da verdade.

Não tenha medo. E tenha a mensagem mais importante para se comunicar em todo o mundo. Vamos nos ajudar a fazê-lo melhor!

Por favor, compartilhe suas próprias dicas e práticas recomendadas nos comentários abaixo!

Gostou? Compartilhe!
Como criar formulários inteligentes

Como criar formulários inteligentes

Gostou? Compartilhe!

Formulário é algo muito útil para se ter em um site, você pode usar para obter informações de visitantes, realizar a inscrição para alguma festividade e muito mais.

Hoje ensinaremos você a criar formulários dinâmico para o site da sua Igreja.
Você poderá criar formulários dos mais diversos formatos, receber as respostas em seu e-mail e ainda ter estatísticas de resultados. O melhor de tudo isso é que este serviço é gratuito.

A grande praticidade da criação de formulários com estes serviços é o fato de não precisar ter conhecimentos técnicos, o formulário é criado de uma forma muito simples.

Além dos recursos de editor de Texto, planilhas, apresentações on-line, editor de imagem, existe o recurso de criar formulários, como você pode ver na imagem a cima.
É tão simples criar os formulários que dispensa um passo-a-passo. Basta criar o formulário e em seguida publicá-lo onde você achar melhor.

Assim que você terminar a criação do seu formulário, o Google Docs irá lhe oferecer diversas formas para publicar seu formulário. A mais interessante é um link no qual você pode publicar nas redes sociais, no site da sua Igreja e uma infinidade de outras formas.

Para usar os serviços do Google Docs é necessário ter uma conta no Google.

Separemos alguns vídeos práticos que ensinaram como dominar por completo esta ferramenta riquíssima.

Aproveite e caso tenha qualquer dúvida, basta escrever aqui nos comentários.

Gostou? Compartilhe!
Como usar o marketing em sua igreja para atrair novos membros

Como usar o marketing em sua igreja para atrair novos membros

Gostou? Compartilhe!

Quando você pensa sobre o marketing da sua igreja, você imagina sinais ou assuntos que provavelmente não combinam com a igreja? Ou talvez algo sobre o termo “marketing da igreja” o deixa desconfortável. As igrejas não estão crescendo como empresas que procuram criar lucros, afinal.

Mas, de acordo com o fundador do Centro para a Igreja, Brad Abare dos Estados Unidos, o marketing da igreja ocorre de alguma forma, seja ou não intencional, então, se você estiver com o objetivo de ajudar sua igreja, é melhor ter uma boa mensagem da sua igreja.

Em 2013, Brad descobriu que 47% dos americanos não frequentaram a igreja nos últimos seis meses. Desesperado para atrair essas pessoas para Cristo, algumas igrejas empregam táticas de marketing enganosas. Eles usaram imagens modernas representativas de grandes igrejas atuais e de pastores que estão na mídia o tempo todo. Mas quando essas pessoas realmente querem Deus, elas costumam encontrar uma igreja pequena e tradicional próximo à sua residência. Outras igrejas irão estimular a mensagem para atrair as pessoas, apenas para mudar sua melodia, uma vez que tenham atingido os números de membros que eles precisam. Não é genuíno – é hipócrita.

Mais do que em qualquer outra indústria, a autenticidade é o elemento mais importante do marketing da igreja. As pessoas não ficarão perto de uma igreja em que não podem confiar. Independentemente da denominação, tamanho ou cultura, a honestidade é o que ganha as pessoas.

Veja alguns pontos que são necessários para conseguir fazer um ótimo marketing para sua igreja de uma forma que não seja enganosa para as pessoas e que elas se sintam seguras e confiantes da sua congregação ao ouvir a palavra de Deus.

O site da Igreja: é importante para fazer uma boa primeira impressão

Você pode ter investido tempo e dinheiro em um letreiro bonito e sofisticado, mas não é isso que fará a primeira impressão crucial. Antes de entrar em sua igreja, as pessoas provavelmente verão seu site.

Além de oferecer muitas ferramentas interativas para os membros, sites da igreja também devem fornecer aos visitantes a informação de que precisam:

Horário do culto: De acordo com a Gray Matter Research (Uma instituição Americana de pesquisas), 43% dos visitantes do site da igreja estão à procura de dias e horários do culto. Se eles não sabem quando sua igreja estará aberta, como eles podem se juntar à sua congregação?

Detalhes da localização: Você acreditaria que muitas igrejas esquecem de listar um endereço? Você também deve fornecer instruções básicas e listar qualquer local de satélite. Quanto mais detalhado for o endereço da sua igreja, com pontos de referências e conduções que passam próximas, melhor será as chances de novos visitantes aparecerem.

O que esperar: Como são os seus cultos? Sua congregação é diversificada? Como as pessoas costumam se vestir? Responda estas perguntas para que seus convidados não se sintam estranhos.

Informações de contato: Se é um formulário, endereço de e-mail ou número de telefone – melhor ainda, tudo isso – facilite as pessoas que têm dúvidas para obter respostas.

Esta informação deve estar localizada na sua página inicial ou rápida para encontrar através da navegação simples. Dê uma olhada no site Igreja Apostólica Missão Luz as Nações. Eles enfatizam esses pontos-chave e inclui uma imagem do mapa local.

Mantenha sua igreja conectada nas mídias sociais

filmar dentro da Igreja

Em uma pesquisa realizada 2012, 46% das igrejas denominaram as mídias sociais como seu método de divulgação mais efetivo.

Mas as pessoas mais propensas a ver a página do Facebook da sua igreja ou a conta do Twitter serão membros que já gostaram ou seguiram você, não visitantes potenciais. É por isso que é importante manter suas contas de redes sociais relevantes tanto para sua comunidade atual da igreja quanto para as pessoas que você deseja alcançar.

Artigos que irão lhe ajudar:

Desenvolvendo a estratégia de marketing da sua igreja

É claro que as igrejas não devem começar a publicar no Twitter e mudar seus sites de forma rápida, ou seja, nada irá mudar da noite para o dia. Como qualquer empresa ou organização, eles precisam desenvolver uma estratégia de marketing global em primeiro lugar.

Considere sua igreja individual como o seu “mercado”. Como sua igreja atende às necessidades da comunidade que você está tentando alcançar? O que as pessoas procuram em uma igreja que a sua tem? Toque esses pontos em seus esforços de marketing e seja consistente ao longo de todo o social, e-mail e impressão. Se sua igreja estiver sendo autêntica, isso não será nenhum problema.

Artigos que irão lhe ajudar:

O Marketing da Igreja não é o Marketing Ordinário do mundo

Marketing religioso. As igrejas enfrentam desafios únicos. Os métodos típicos de marketing simplesmente não são suficientes. O marketing de boca-a-boca e a comunicação de acompanhamento são extremamente importantes. Grande parte da comunicação que sua igreja faz será offline e até pessoalmente. É preciso muito recursos – pessoas, tempo e dinheiro.

E os orçamentos de marketing nas igrejas geralmente são modestos. Algumas das maiores igrejas do mundo têm funcionários em tempo integral para criar e gerenciar sites, redes sociais e outras iniciativas de marketing. Mas a maioria das igrejas não possuem esse luxo.

Criar uma marca forte e única também é difícil para a maioria das igrejas. Você já procurou “Primeira Igreja Batista” ou “Assembléia de Deus”? Existem milhões de resultados! Sua igreja pode até ter o mesmo nome que outras igrejas em seu município.

Marketing religioso – Marketing eclesiástico

Então, o que deve ser feito para superar esses desafios?

Ficar no mesmo local por um longo prazo. Perceba que sua igreja não vai apenas criar um site, atrair milhares de pessoas e tudo sairá excelente. O marketing da igreja é um processo contínuo.

Utilize os pontos de venda que lhe darão cobertura gratuita ou barata. Fora dos anúncios, o único custo nas mídias sociais é o tempo. Além disso, procure descontos especiais e programas para organizações sem fins lucrativos.

Recrutar voluntários: Sua membresia provavelmente tem uma pessoa que trabalha com marketing ou designer gráfico. Peça para esses membros esses presentes para ajudá-lo a manter as coisas atualizadas.

Acompanhe o que está funcionando e o que não está ajudando. De acordo com o Centro para a Comunicação da Igreja, 76% das igrejas não acompanham seus esforços de marketing. Medir o sucesso de suas táticas de marketing e ajustar adequadamente irá ajudá-lo a ser um mordomo sábio.

Invista em alguma ajuda profissional para os itens difíceis. Você não precisa sair do orçamento, mas trabalhar com uma empresa experiente poderia ajudar a sua igreja a não cometer erros que possam prejudicar sua imagem. Por exemplo, o Google “igrejas em rio de janeiro”. Se sua igreja estiver localizada em uma área que existem muitas igrejas, as pessoas podem nunca descobrir a sua congregação no meio de todas as outras. Uma empresa de marketing pode ajudá-lo a consertar isso. Afinal, você provavelmente não tem tempo para dominar o SEO.

Como fazer ata da Igreja

Conecte-se com outras igrejas para elaborar estratégias e obter informações. Encontre algumas empresas especialistas como o SerDivino, onde existem profissionais que estão trabalhando em direção a um objetivo comum: Ajudar a proclamar o nome do Senhor na internet.

Lembre-se, cada igreja é diferente, e não há nenhuma estratégia de marketing que você precisa seguir.

Gostou? Compartilhe!
A importância de um programa de esportes na igreja

A importância de um programa de esportes na igreja

Gostou? Compartilhe!

Sabemos que isso é uma prática bem incomum aqui no Brasil, porém existe uma grande importância que é devida na prática de esportes e ainda mais quando associamos isso à igreja.

O esporte melhora a condição física das pessoas, as ajudam a trabalhar em equipe, aprenderem a ser competitivas para conseguirem vencer e aliando isso à igreja irá fazer com que elas cresçam em Cristo com os princípios da Bíblia e da forma que todo filho de Deus deve ser, perseverante e fiel à Deus.

É possível verificar locais próximos à sua igreja para a prática de esportes, sejam com crianças, jovens e adultos. Um campo localizado perto da sua igreja ou até mesmo fazer a locação de um campo ou quadra para praticar determinada atividade.

Melhora a auto-estima e desenvolve a espiritualidade

O grande objetivo de fazer esse projeto com crianças é ajudá-las a se desenvolverem espiritualmente e criar uma melhor auto-estima em suas vidas, permitindo que elas se tornem adultos excepcionais e fiéis a Cristo.

Quando as crianças são ativas em atividades físicas elas possuem uma saúde melhor, uma auto-estima mais positiva e um menor risco de serem influenciadas negativamente. Além disso elas sempre terão a oportunidade de aprender mais sobre a palavra de Deus..

Os esportes podem variar dependendo do gosto das crianças, o mais comum é o futebol mas também pode ser inserido o basquete, handball ou outro esporte que agrade os participantes.

É ideal também possuir treinadores voluntários de dentro da igreja ou de outras congregações para ajudarem a desenvolver as crianças, liderando-as conforme um time e ensinando as virtudes bíblicas, enfatizando o desenvolvimento deles como pessoa, fazendo com que sempre tenham atitudes positivas independente da situação em que se encontrarem, pois Deus estará presente na vida delas o tempo todo.

Depois de terminarem de praticar os esportes, é possível fazer um lanche com todas as crianças que estão participando, isso irá adicionar um peso enorme na participação desse projeto da sua igreja.

A união com outras Igrejas

Caso no bairro da sua igreja possuam diversas outras congregações, também é válido conversar com seus líderes para fazerem um projeto grande e fazer um mini campeonato entre as congregações, porém sempre ensinando os princípios de Jesus.

Realizando este tipo de projeto, a sua igreja estará desenvolvendo as crianças em pessoas dignas e que não serão influenciadas pelo mal caminho, inclusive também é possível tirar diversos jovens das ruas e do tráfico através dos esportes, isso é comprovado por diversas ongs que realizam este tipo de atividade.

Há outras opções de integração

Uma outra alternativa é criar um programa de estudo do inglês, com professores voluntários ou membros da igreja que sejam fluentes no idioma, embora o mais popular sejam os de esportes.

Para os adultos é possível criar apenas um jogo casual dos membros da igreja, apenas para aproximá-los cada vez mais de Cristo, pois durante e após a atividade do esporte, será possível falar da palavra de Deus também.

Nos Estados Unidos este tipo de projeto é muito comum, pois os jovens que praticam esportes recebem incentivo para cursarem faculdades e estudar, porém isso é um projeto do próprio governo, diferente daqui do nosso país, que não existe nenhum tipo de incentivo para tal atividade.

Porém o sucesso dos esportes na igreja não é graças ao incentivo do governo, ele é muito bem sucedido pois as igrejas que fazem isso ensinam os princípios morais e éticos para as crianças e jovens, fazendo com que elas se tornem pessoas mais dignas e respeitosas com as outras. A junção de tudo isso os faz se tornarem cidadãos de bem e que sempre lutam pelos seus objetivos, sendo guiados por Deus e fazendo apenas a vontade Dele.

Os participantes dos programas esportivos até mesmo opinam em relação a essa prática feita pelas suas igrejas:

“Este programa recebe todos – crianças e adultos – é muito animador”, diz Zach Ayers, um diretor da liga de esportes da Igreja Metodista de Centreville na Virgínia. “Todos se juntam como um para comemorar cada criança”.

“Nós amamos os sorrisos nos rostos das crianças quando marcam uma cesta, e nós celebramos com eles”, diz o Árbitro, David “Hoop”, Hoopengardner, da atitude de tudo para um do programa. “Isso é muito legal quando você pensa sobre isso – quando é a última vez que viu um árbitro celebrar com um jogador? Aqui nós podemos fazer isso pois todos são vencedores em Jesus Cristo.”

“Uma criança pode ir para a linha de falta e fazer um chute e todos lhe dão aplausos de pé, seja fazendo o gol ou não, o importante é que eles se sentem felizes”, diz Ayers, mãe de uma criança que faz parte do projeto. “O olhar em seu rosto não tem preço”.

Nos Estados Unidos isso é tão comum devido à cultura que eles já possuem, mas isso não quer dizer que as igrejas aqui no Brasil não podem fazer algo de acordo com sua cultura e com a qualidade de vida das pessoas.

Tudo que será necessário será uma bola e um local para a prática dos esportes, Deus irá ajudar todos que se esforçarem para fazer esse projeto dar certo. Claro que não é algo simples que seja possível fazer da noite para o dia, porém com um planejamento e levantamento de lugares do bairro da sua igreja, é possível fazer coisas grandiosas com a ajuda de Deus para melhorar a vida de diversas pessoas, das crianças até os adultos.

Muitos eventos da igreja se centram em pratos de pratos cobertos de comida, doces e café, nos domingos de manhã com pizza e cachorros-quentes para encontros de jovens.

“A consciência espiritual é um dos principais componentes do estilo de vida saudável que afeta todo o corpo e rejuvenesce o espírito. A aptidão física e a nutrição saudável permitem que esse espírito floresça novas dimensões e muitas pessoas experimentam um relacionamento mais próximo com Deus “.

esporte nas igrejas

Fale sobre saúde com sua Igreja

Uma das igrejas que desempenham um papel fundamental na expansão da aptidão física promovida dentro da congregação ao público é a Igreja americana Bridge Builders. Há quatro anos, a igreja convidou o público para a sua feira de bem-estar anual gratuita.

Através de sessões com nutricionistas, formadores e especialistas médicos, os líderes da igreja viram membros da congregação mudando suas dietas, desenvolvendo rotinas de exercícios e tornando-se mais coincientes em sua alimentação. Eles aprenderam como alguns alimentos pode resultar em problemas de azia e quais os alimentos que são benéficos ou prejudiciais para os tipos específicos de sangue.

Para o pastor líder, o vínculo entre um estilo de vida saudável e a vida cristã está no conhecimento que as pessoas sabem ganhar à medida que envelhecem. O pastou apontou para a Bíblia versículo 3 João 1:2.

Amado, desejo que te vá bem em todas as coisas, e que tenhas saúde, assim como bem vai a tua alma.
3 João 1:2

A idéia é simples, disse o Pastor. Quanto mais alguém vive, mais conhecimento ganha. Quando as pessoas se exercitam e comem comidas saudáveis, a probabilidade é de viverem mais, dando-lhes mais tempo para obter conhecimento e passá-lo para as próximas gerações.

“Eu acho que é a vontade de Deus. Eu acredito que, na perspectiva de Deus, ser saudável é um desejo que ele tem para nossas vidas “, disse Crayton, ex-jogador de basquete e membro da Igreja.


Ore com os ministros da sua igreja, converse com eles em relação aos projetos para melhorar a vida das crianças, se for custoso ou inviável em sua região, aguarde um momento oportuno para realizar as atividades.

É possível mudar a vida de muitas famílias através da união de Jesus com os esportes, afinal Deus sempre irá se agradar de tudo que é feito com amor para melhorar a qualidade de vida de muitas pessoas e propagando a palavra do Senhor por toda a Terra.

Gostou? Compartilhe!
Tenha uma equipe especializada em redes sociais para atrair o público jovem

Tenha uma equipe especializada em redes sociais para atrair o público jovem

Gostou? Compartilhe!

Sabemos que a maioria das pessoas que utilizam a internet e toda a tecnologia que está disponível hoje em dia são a juventude. Eles possuem grande facilidade em usar redes sociais, aparelhos tecnológicos entre outras coisas, então porque não ensiná-los a utilizar essa sabedoria para o bem da igreja?

O pastor americano Wes Hartley da Igreja Batista do Lago Pointe em Rockwall, Texas, faz isso em sua igreja e acredite, realmente dá muito certo. Ele deixa a juventude da sua igreja ajudar na produção de conteúdo e divulgação para sua igreja e ainda os ensina sobre a palavra do Senhor, é a combinação perfeita de interações significativas e desenvolvimento de liderança de pessoas. Ele declarou em uma entrevista a razão de fazer isto:

“Nossa juventude possui alunos do ensino médio e superior, eles são muito experientes em utilizar a tecnologia e não possuem medo de errar e aprender novos métodos, além do seu incrível desejo de evoluir como pessoa na casa de Deus. Se diversos jovens hoje em dia ficam utilizando a tecnologia para fazer algo que não agregam nada em suas vidas, porque não deixá-las utilizar para fazer o bem?”

A equipe de mídia do pastor Hartley atualmente possui 30 jovens, que sempre se reúnem para gerar novos conteúdos para a igreja e aprender mais sobre os ensinamentos de Jesus. Ele deixa os líderes do grupo jovem supervisionar e ensinar todas essas pessoas, pois uma parte deles nunca foram à igreja e entraram em sua congregação através desse projeto.

Eles aprendem sobre utilização de câmeras, edição de vídeo, marketing digital, edição gráfica e muitas outras coisas. Normalmente quem ensina isso para os jovens são os membros que estão na faculdade e possuem esse conhecimento, assim compartilham todo seu aprendizado para o bem da sua igreja e do crescimento desses jovens. Hoje em dia é possível também adquirir conhecimento em cursos on-line ou vídeos gratuitos do youtube.

O pastor também afirma que mesmo que pareça totalmente divertido, é trabalhoso e cansativo, mas a juventude adora quando o assunto é tecnologia e eles não se importam em utilizá-la para o bem da palavra de Deus, por isso vale muito a pena o investimento nos jovens.

Faça isso na sua igreja também, treine os jovens para aprenderem cada vez mais, e além de dar um ensinamento que eles poderão utilizar profissionalmente, também estarão na casa de Deus trabalhando na obra do Senhor.

Segue algumas dicas para sua igreja realizar esse tipo de trabalho:

Tenha um plano.

Não tem como marcar um dia e realizar todo o trabalho de uma só vez, seja flexível no plano de como isso irá acontecer na sua igreja, verifique os horários, métodos de ensinamentos e momentos para colocar isso em prática nas redes sociais da igreja.

Designe um líder claro para interagir com os alunos.

Escolhe um líder para atuar nesse departamento da sua igreja, este líder será o responsável por juntar todos os jovens, ensiná-los e fazer com que eles continuem frequentando a casa do Senhor.

Peça aos alunos que assinem um código de conduta baseado em 1 Timóteo 4:12.

Esse método é utilizado na igreja do pastor Hartley, ele faz com que os participantes desse grupo assinem um termo de comprometimento e respeito com a obra de Deus e com as outras pessoas, caso algum deles viole essas regras, serão enviados para a casa.

Espere que eles executem.

Eles não gostam de ser tratados como crianças, por isso os ensine de verdade e dissemine o evangelho em suas vidas. Se sua igreja deixar bem claro que irá os tratar assim pois eles são estudantes inteligentes e é esperado sempre os melhores resultados para eles, será possível obter um maior comprometimento dos jovens.

Essas dicas são essenciais para que sua igreja consiga ter uma juventude apta à fazer o trabalho de divulgação da igreja nas redes sociais. Além de ser importante para a igreja divulgar seus cultos para pregar o evangelho para mais pessoas, é possível também deixar os jovens que já sabem mexer nessa tecnologia dar ideias e aplicá-las para melhorar o engajamento da página da sua igreja.

Também é possível treinar os jovens para divulgar as transmissões dos cultos ao vivo da sua igreja, fazendo com que sempre seja compartilhado cada vez mais e alcançando mais pessoas para o evangelho.

Peça ajuda a um especialista SerDivino

Em nossa equipe, possuímos especialistas em mídias sociais, marketing digital, edição de áudio e vídeo e muito outros. Converse conosco, peça conselhos, tenho certeza que nossa equipe poderá lhe ajudar a montar esta ação valioso para a Igreja. Ah, tudo isso sem qualquer custo, ok? 😉


É importantíssimo para sua igreja conseguir agregar valor para sua juventude, pois eles serão o futuro da igreja, os futuros líderes, missionários, músicos e pastores. Investindo neles você terá uma comunidade evangélica mais saudável, além de atrair novos membros para sua igreja e propagar a palavra de Deus.

Mesmo que sua igreja não disponha de equipamentos necessários para uma grande quantidade de pessoas, comece pequeno, com um ou dois jovens, e depois comece a expandir, deixando os primeiros jovens como líderes, assim será possível que sua igreja sempre traga mais pessoas e crie novos líderes dentro da igreja.

Gostou? Compartilhe!
7 motivos para usar o Facebook Live na sua igreja + 15 super dicas

7 motivos para usar o Facebook Live na sua igreja + 15 super dicas

Gostou? Compartilhe!

O Facebook Live é uma ferramenta disponível na rede social facebook que permite que os usuários façam transmissões ao vivo de qualquer lugar do mundo.

Para fazer sua transmissão pelo Facebook Live é muito simples, tudo que é necessário é conseguir um tripé para apoiar o celular, ter um sinal wi-fi com internet estável, abrir o aplicativo do facebook no seu smartphone e iniciar a sua transmissão. Poucos segundos após iniciar a transmissão do culto da sua igreja, será possível perceber que algumas pessoas que não estavam conectadas irão se conectar para assistir a transmissão, interagir e se envolver com a igreja.

É possível também que pessoas de todo o Brasil e do mundo assistam à sua transmissão, além dos amigos e das pessoas que seguem a sua página no facebook receberem uma notificação quando a transmissão do culto começar.

Com essa tendência mundial se tornando cada vez mais popular, é necessário que sua igreja também esteja presente nesses meios de comunicação para propagar a palavra do nosso Senhor Jesus cada vez mais.

Aprenda a criar uma fanpage para sua Igreja.

Veja agora 7 motivos para sua igreja começar a utilizar o Facebook Live:

  1. O Facebook Live nos conecta a centenas de pessoas que nunca estiveram em nossa igreja. O evangelho é pregado em suas casas através de um único local.
  1. Há uma tonelada de envolvimento social, compartilhamento e comentários durante e após a transmissão que nos permite também ver mais tarde se não estiver online no momento.
  1. Os membros da nossa igreja que assistem ao vivo podem se envolver nos comentários e compartilhar com seus amigos à medida que o culto vai acontecendo.
  1. O Facebook Live é fácil de configurar.
  1. Os vídeos do Facebook Live são reproduzidos automaticamente no feed de notícias dos seus amigos e, em seguida, são guardados na sua linha de tempo pessoal. Uma versão de alta qualidade também pode ser salva em seu dispositivo móvel depois.
  1. O Facebook Live é gratuito. As igrejas têm transmitido seus serviços há anos, mas agora praticamente qualquer pessoa em qualquer cenário pode fazê-lo.
  1. O Facebook Live permite que não membros possam participar dos cultos mesmo estando longe.

Como começar sua transmissão

É necessário verificar antes se sua igreja possui:

  • Um dispositivo móvel (com muita duração da bateria);
  • Uma conta do Facebook;
  • Aplicativo para celular do Facebook;
  • Um forte sinal Wi-Fi;
  • Um tripé com uma montagem de smartphone.

Quando estiver pronto para entrar em operação, basta clicar em “Atualizar Status” no aplicativo do Facebook no seu dispositivo móvel. Certifique-se de que sua postagem será pública e, em seguida, pressione o botão do Facebook Live. Também terá a opção de dar um título ao seu vídeo.

Você pode usar hashtags e até mesmo marcar amigos no título para obter mais envolvimento. Antes de clicar no botão “Go Live”, não se esqueça de virar a câmera (botão no canto superior direito) para que fique de frente para a ação (o local onde será ministrado o culto). Uma vez que sua igreja estiver ao vivo, será possível verificar quantas pessoas estão se conectando ao feed e os comentários chegando conforme eles acontecem.

7 dicas para o sucesso da sua transmissão no facebook live

É possível que assim que se comece a utilizar a ferramenta do facebook live sua igreja veja alguns fatores que podem gostar e que podem não gostar dessa plataforma. Para começar, o Facebook Live consome muita bateria do celular (deixe ligado à um carregador se possível). Além disso, só é possível compartilhar um vídeo ao vivo do perfil pessoal da sua igreja. Aqui estão apenas algumas dicas úteis:

  1. Faça um anúncio on-line antes de ir ao vivo.

Anuncie que você está começando uma transmissão ao vivo na página do Facebook da sua igreja, seu perfil pessoal do Facebook, Twitter e outros perfis de redes sociais e fornecer um link, algo como “Junte-se a VIVO em 5 minutos para o nosso culto abençoado”.

  1. Faça um anúncio fora de linha e chamativo antes de ir ao vivo.

Crie um slide que dê instruções simples sobre como verificar e compartilhar a transmissão ao vivo com amigos que não estão lá pessoalmente. Adicione este slide ao seu loop de anúncio pré-serviço no seu software de apresentação. Certifique-se de fornecer aos espectadores todas as informações de que precisam: o link para acessar a transmissão, a hashtag do culto e uma publicação de exemplo.

  1. Recrute membros para se envolverem com os espectadores em tempo real.

Peça a alguém familiarizado com o Facebook para se sentar na parte de trás com um laptop, seguir seu próprio perfil do Facebook e começar a se envolver com os espectadores ao vivo durante a transmissão do culto. Essas pessoas que estão acostumadas a gerenciar comunidades no facebook podem receber novos espectadores, compartilhar partes da pregação, fornecer links para a oferta online durante a oferta e oferecer recursos adicionais na seção de comentários à medida que o serviço progride.

  1. Desenvolva um script para quem for gerenciar a página da sua igreja.

Crie tweets e publicações com antecedência que pode ser compartilhado em determinados horários durante a transmissão e entregue-os ao administrador da comunidade para usar nos horários apropriados. Isso garante que a mensagem seja consistente e que existam muitas cotações compartilháveis durante a duração do culto.

  1. Crie um “cartão de convidado” online para que os espectadores preencham mais informações.

Como parte do script que você fornece para o administrador das redes sociais da igreja, crie um formulário simples on-line para coletar endereços de e-mail. Simplesmente compartilhe o link para o final do culto e convide as pessoas a se inscrever para atualizações de e-mail. Opcionalmente, você pode apontá-los para o botão “Assinar” no fluxo de vídeo do Facebook ao vivo e o Facebook os alertará em futuros vídeos ao vivo da sua igreja.

  1. Edite o vídeo final após o término do serviço.

Um vídeo de qualidade fará uma boa impressão nos futuros espectadores.

  1. Acompanhe pessoas que participaram da seção de comentários.

Com pouco esforço, é possível ter dezenas (se não centenas) de “visitantes pela primeira vez” para sua reunião de adoração. Não será possível ter informações detalhadas sobre seus convidados virtuais (a menos que eles lhe enviem um e-mail), mas você pode pelo menos acompanhar e responder aos comentários. Incentive seus membros a acompanhar os amigos que assistiram ao vivo e aproveitar a oportunidade para convidá-los para a igreja na semana seguinte.

Aprenda a transmitir ao-vivo pelo facebook.


Mais do que simplesmente utilizar a internet para próprio uso, é possível usar a tecnologia de forma inteligente para conseguir propagar a palavra de Deus por todo o mundo.

15 dicas de especialistas para usar o Facebook Live em sua Igreja.

1) Certifique-se de que você tenha um sinal de WiFi forte

Lembro-me quando eu criei meu primeiro vídeo a meio caminho do vídeo que uma pequena notificação apareceu dizendo sinal de WiFi fraco. O que significava que as pessoas que assistiam, não estavam recebendo uma experiência muito boa. É importante garantir que você tenha uma conexão forte.

2) Tenha um esboço do que você quer fazer

Não há nada pior do que um vídeo chato. Certifique-se de ter uma ideia aproximada do que deseja fazer. Pode mudar, mas pode ser melhor manter um foco.

3) Pense no horário ideal para postar

Para algum conteúdo você pode escolher o tempo que você postar para alcançar a maioria das pessoas. O Facebook até mesmo diz-lhe no seu “Insights” quando o melhor momento para publicar é. Quem não gostaria de alcançar a maioria das pessoas?

4) Escolha uma descrição convincente do vídeo

Você quer ajudar as pessoas a clicar no seu vídeo ao vivo. Não há mistério, pense sobre o que você quer que as pessoas sintam ou experimentem.

5) Seja paciente. Seu público vai aumentar

Quando você clicou no botão ao vivo pela primeira vez, você pode até se sentir um pouco decepcionado quando observa que ninguém está assistindo. O tamanho do seu público aumentará, mas leva tempo para que as pessoas o encontrem. Não desista, foque no conteúdo que o aumento será natural.

6) Interaja com seus espectadores

Novamente isso depende do tipo de conteúdo que você está filmando. Se é alguém que conversa com a câmera, convide para perguntas. Se você está filmando o culto, pode ser melhor reconhecer as pessoas quando comentam apenas gostando do que dizem.

7) Lembre-se da repetição

O vídeo permanece no seu feed de páginas do Facebook e será visto por muitas pessoas ao longo do tempo após ter encerrado o ao-vivo. Pense sobre como o vídeo funcionará se alguém assistir a repetição.

8) Peça o compartilhamento

A grande vantagem das mídias sociais é que você pode pedir ao seu público para compartilhar seus vídeos. Eles podem ser seus influenciadores e espalhar para seus amigos do Facebook. Se eles confiam em você, eles vão compartilhar se você pedir.

9) Seja você mesmo

Não entre no modo apresentador de TV. Seja você mesmo. As pessoas querem ver o verdadeiro “você”.

10) Esteja ciente da iluminação e do som

Ambientes diferentes afetarão a qualidade do vídeo. Se houver alto ruído de fundo, isso dificulta as pessoas ouvir você.

11) Considere usar um tripé ou trilhos

Se você tiver uma mão firme, um telefone suspenso pode funcionar. Mas usar algo mais estável ajudará a melhorar a qualidade e o que sua audiência vê.

12) Pense nos que estão à sua volta

Não seja um “estranho” no auditório da igreja segurando o telefone. Tanto quanto possível, seja discreto. Haverá ocasiões em que você será mais óbvio e não pode fazer nada sobre isso. Mas pense no impacto que você está tendo na experiência das pessoas na igreja.

13) Obter ajuda com moderação

Enquanto uma pessoa está na câmera, você pode ter outra pessoa moderando qualquer comentário se for um vídeo em particularmente interativo. Isso ajuda com comentários inadequados ou possíveis “trolls”.

14) Pense em editar seu vídeo

Esta é uma característica que muitos não conhecem. Mas você pode voltar e editar sua postagem e vídeo. Alguns momentos não serão necessários. Alguns podem apenas precisar de um melhor ponto de entrada ou saída.

15) Prepare-se. Um novo nível de produção está chegando

Você já pode adicionar uma lente e um microfone melhores para o seu telefone ou iPad para melhorar a qualidade do seu vídeo no Facebook Live. Há também um software que ajudará câmeras mais avançadas e dispositivos de comutação de visão a se conectar ao Facebook ao vivo. Embora ainda seja muito precoce, isso aumenta rapidamente a qualidade.

(Um pequeno passarinho me disse que o Twitter agora está desenvolvendo a mesma tecnologia de transmissão ao vivo. Sim, eles têm periscope, experimenta lá!)

Gostou? Compartilhe!
Estratégia importa para o crescimento da igreja?

Estratégia importa para o crescimento da igreja?

Gostou? Compartilhe!

Com toda a certeza do mundo, todas as pessoas que Deus preparou para ser pastores e que conseguiram alcançar esse objetivo nunca sequer imaginariam que passariam algum tempo pensando em estratégia da igreja, normalmente o principal foco dos pastores é apenas com seus membros, suas ovelhas, por isso muitas vezes acaba não sobrando muito tempo para se preocupar em elaborar uma estratégia ou um plano de ação para ajudar no crescimento da igreja.

É por isso que ele dispõe dos seus ministros, pois todas as congregações fazem o seu trabalho porque amam a Deus em primeiro lugar e depois amam as pessoas, seus próximos, não sobrando tempo para pensar em planilhas ou planos estratégicos para a congregação.

O amor do ministério da igreja com as pessoas é algo incrível, é um dos motivos que os fazem se mexer e sempre buscar a Deus cada vez mais, para que pela infinita misericórdia do nosso Senhor eles possam ajudar diversas pessoas.

É muito bom e alegre para a igreja e principalmente para seus líderes quando vem uma pessoa que não era cristã e aceita a vida com Jesus, ou até mesmo aqueles irmãos que estavam afastados mas pela infinita graça retornaram para os braços do Pai.

Porém os líderes da igreja acabam fazendo um grande desserviço para sua igreja quando não planejam uma estratégia adequada para sua comunidade, muitos pastores acabam ignorando as estratégias por diversos motivos, muitas tarefas, afazeres, compromissos, alguns poucos podem até negligenciar intencionalmente, mas independente de qual for o motivo, isso é algo que pode estar impedindo a sua igreja de crescer.

Foi realizado uma pesquisa para saber a real diferença das grandes igrejas para as pequenas igrejas, e o único fator que as diferenciou foi estratégia, ela é extremamente importante e igualmente ignorada por muitas congregações. As igrejas que planejam um futuro e se preparam para conseguir alcançar uma grande quantidade de membros na grande maioria das vezes elas conseguem alcançar esse objetivo, isso porque toda sua estratégia foi realizada de forma eficiente e eficaz.

Uma abordagem estratégica

estrategia na igreja evangelica

Existe um instituto de pesquisa americano, o LifeWay Research, que todo ano se associa à revista Outreach e faz um levantamento de dados de todas as igrejas que estão em funcionamento no país. Essa pesquisa divide as igrejas em duas condições, as igrejas que crescem mais rápido e as igrejas que são as maiores. Todos os anos que essa pesquisa é divulgada acaba se tornando um grande motivo para conversas entre as pessoas do Estados Unidos.

Um fato importantíssimo que deve ser ressaltado é que não é a igreja ser grande que fará ela ser menor do que a pequena, todas as igrejas nascem com o mesmo propósito, ajuda as pessoas a encontrar o caminho da salvação, Deus utilizou uma mega-igreja para conseguir adentrar na Coréia e usou uma simples casa de oração para conseguir que o evangelho de Jesus Cristo fosse liberado na China. O real modelo da sua igreja não irá importar se Jesus estiver no centro e no comando dela.

Pastor e suas orações públicas.

Esse instituto de pesquisa informa que todas as igrejas que pertencem à Deus são grandes, pois Deus faz coisas grandiosas desde sempre e para sempre. Por isso essa avaliação é feita.

Conforme o passar dos anos desde que essa pesquisa foi iniciada, foi possível verificar diversas tendências que se tornaram semelhantes em diversas igrejas que estavam em crescimento. Com base nesses dados foi possível verificar duas igrejas que estavam em grande crescimento em relação às outras, e o grande diferencial delas foi exatamente isso, estratégia.

Claro que não podemos afirmar que Deus não irá ajudar sua igreja a crescer e que somente uma estratégia bem elaborada será capaz, porém a própria palavra de Deus diz “esforça-te e eu te ajudarei”. Então não adianta também sua igreja nunca procurar caminhos para crescer esperando que Deus faça tudo sozinho.

Foi constatado que essas duas igrejas investiram intencionalmente grande parte de seus esforços para elaborar uma estratégia nos ministérios e na preparação da agenda da igreja, além de investirem também com tecnologia criando um belo site para a igreja e divulgando para todos os membros e visitantes daquela igreja. Quanto mais essas igrejas divulgavam seus sites, mais populares elas ficavam e isso acabava atraindo mais pessoas para suas congregações.

Uma pesquisa realizada este ano pelo mesmo instituto de pesquisa LifeWay Research, comprovou que apenas 42% dos pastores acreditavam que suas igrejas possuíam uma estratégia bem definida para tratar os membros, visitantes, tesouraria e demais setores da igreja, com o intuito de fazê-la crescer. Porém a pior parte foi que mais da metade dos pastores que foram pesquisados não tinham nenhum plano intencional para fazer com que sua igreja crescesse, para discipular ou criar filiais das suas igrejas.

Marketing religioso na Igreja.

A estratégia da igreja é muito importante para o seu crescimento, e quando falamos de crescimento não queremos falar apenas de tamanho físico da casa do Senhor, mas sim crescimento financeiro na tesouraria, crescimento na quantidade de membros, crescimento na quantidade de congregações e muitas outras áreas em que a igreja possa crescer cada vez mais e mais em Cristo.

Não deixe de conversar com seus ministros e líderes e elaborar uma estratégia para sua igreja, pense no que pode ser feito para melhorar cada vez mais e compartilhe o amor de Deus com muitas outras pessoas.

Gostou? Compartilhe!
Ferramenta de atendimento em tempo real no site da sua Igreja

Ferramenta de atendimento em tempo real no site da sua Igreja

Gostou? Compartilhe!

Existem diversas ferramentas de atendimento ao-vivo. Esta ferramenta é aquela que você vê em lojas virtuais ou site de serviços, no qual você consegue falar com um vendedor. Nós do SerDivino utilizamos uma ferramenta para atender nossos clientes, dessa forma conseguimos manter uma proximidade com cada pessoa interessada em nosso trabalho ou que queira tirar dúvidas em relação ao nosso serviço.

Recebemos diversas solicitações de clientes, pedindo que fosse recomendado uma ferramenta realmente útil para que a Igreja possa utilizar.

Com esta ferramenta, sua Igreja poderá ter um grupo de atendentes on-line respondendo as pessoas que acessarem o site da sua Igreja. Caso você tenha apenas o aplicativo para Igrejas oferecido por nós, você pode integrar também.

Acesse e comece já!

Funcionalidades

Nós recomendamos a jivochat, empresa Russa, criada em 2012, disponível em mais de 20 idiomas incluindo o Português do Brasil. Há uma equipe brasileira disponível para atender seus clientes, 24 horas por dia.

O JivoChat permite que você converse com inúmeros visitantes ao mesmo tempo, algo impossível através do telefone. Você ainda terá acesso à informações importantes, como de onde seus visitantes vieram e qual página estão visitando:

software de atendimento para igrejas

Você sabe quem está do outro lado da tela? Saiba tudo sobre o seu cliente:

software de atendimento para igrejas

Disponível para acessar via navegador, Windows, Mac OS, Android e iPhone.

Motivo pelo qual ele se destaca dos demais

O Jivochat tem ferramentas diferenciadas, integrações que permite seu chat ser integrado ao messenger do facebook, telegram, viper e até por telefone.

No JivoChat você tem uma funcionalidade que nenhuma ferramenta de fazer uma ligação diretamente para o celular do cliente que está falando com você. Essa funcionalidade funciona do seguinte jeito: o cliente está no seu site; ele vê o chat mas prefere falar por voz; ele insere o número de telefone; o JivoChat liga automaticamente para o seu cliente através do aplicativo e você liga para o telefone dele enquanto está conectado no computador.

Vídeos

Separamos alguns vídeos que irão lhe ajudar a entender como funciona cada detalhe do jivochat.

Quanto custa?

Obviamente, como todo bom serviço há um custo de investimento, mas não se preocupe, existe um plano grátis para você usar o serviço por tempo ilimitado.

Acesse e comece já!

Integre com o site da sua Igreja SerDivino

Iremos lhe mostrar como você pode integrar o jivochat em seu site. É muito simples, basta seguir os passos a baixo.

  1. Acesse o gerenciador do seu site: gerenciador.serdivino.com.br
  2. Clique no menu lateral: Recursos
  3. Clique na opção Integração de código.
  4. No campo disponível, cole o código disponível pelo Jivo Chat.

Veja abaixo o local que você deve inserir:

integracao de codigo - serdivino

 

Simples, fácil e grátis.

Caso você tenha qualquer dúvida, pode entrar em contato com nossa equipe, ficaremos felizes em poder lhe ajudar.

Acesse e comece já!

Gostou? Compartilhe!
Como utilizar o facebook e instagram em sua igreja?

Como utilizar o facebook e instagram em sua igreja?

Gostou? Compartilhe!

Sempre falamos de como é importante a sua igreja estar conectada nos dias de hoje com todas as pessoas, sejam elas membros, visitantes ou até mesmo pessoas que nunca foram à igreja. A melhor forma disso acontecer é através do site da igreja e das redes sociais mais populares como facebook, instagram e twitter, mas existem outras opções disponíveis também.

No ano passado o facebook fez uma integração com o instagram permitindo que todas as fotos fossem publicadas em ambas redes sociais ao mesmo tempo, isso é muito bom para todos, principalmente para as igrejas, pois ela irá poupar um bom tempo na hora de fazer suas publicações, sejam elas mensagens, textos bíblicos ou simplesmente fotos.

Você conhece o Instagram?

A história do instagram começou em 2010 quando o brasileiro Mike Krieger e seu sócio Kevin Systrom criaram o aplicativo Burbn, que era possível fazer check-ins e melhorar algumas fotos que foram tiradas pelo celular.

Em outubro de 2010 o Burbn teve uma atualização e seu nome mudou para Instagram, um aplicativo novo que era possível criar filtros nas imagens e compartilhá-las nas redes sociais como twitter e facebook. Nesse momento o aplicativo era disponível apenas para as pessoas que utilizavam aparelhos da Apple, e acabou se tornando uma verdadeira rede social, com possibilidade de comentar e curtir as fotos de amigos.

Em janeiro de 2012 o ex-presidente Barack Obama (dos Estados Unidos) criou seu perfil no instagram para fazer sua campanha política. Após isso o aplicativo acabou se tornando muito mais popular em todo o mundo, mais até do que já era.

Alguns meses depois o dono do facebook Mark Zuckerberg anunciou a compra desse aplicativo e agora disponibilizou uma forma de juntar as duas maiores redes sociais do mundo em uma só.

Como vincular o instagram ao facebook da sua Igreja

Então mesmo que até o momento a sua igreja possua apenas o facebook, pode valer a pena criar um instagram para sua congregação também, já que ambas estarão vinculadas e assim dobrar o alcance da sua igreja nas redes sociais.

É possível vincular o INSTAGRAM ao FACEBOOK apenas, isto é, através do app do INSTAGRAM, você publica nas duas redes sociais.

Veja agora o passo a passo para vincular o facebook da sua igreja com o seu instagram, é muito simples:

PASSO 1

Para iniciar esse procedimento, será necessário você colocar o seu facebook vinculado ao instagram através da instalação do Instagram Feed, é possível fazer isso direto pelo seu facebook.

Entre na sua página do facebook, vá no link do aplicativo instagram que está disponível na parte esquerda e depois autorize a instalação e o compartilhamento dos seus dados.

PASSO 2

Escolha a página da sua igreja e então vá na opção “Add Instagram Feed Tab”.

PASSO 3

Agora é o momento em que será preciso fazer o login no aplicativo do instagram com os mesmo dados da conta do facebook da sua igreja.

facebook e instagram

PASSO 4

Após concluir a instalação e a integração, o facebook da sua igreja já estará vinculada à conta do instagram e será possível compartilhar nas duas redes sociais ao mesmo tempo. As novos fotos que forem postadas serão atualizadas automaticamente nos dois aplicativos.

Existe uma outra forma de realizar essa instalação, será através do próprio aplicativo instagram que está no seu celular, você fará da seguinte forma:

facebook e instagram

PASSO 1

Acesse o aplicativo no seu smartphone com a conta que deseja vincular com a do facebook da sua igreja.

PASSO 2

Agora que está dentro do aplicativo, vá na aba de opções ou “3 pontos” no canto superior direito da tela.

PASSO 3

Dentro da parte de configurações, vá na opção “Contas vinculadas”.

PASSO 4

Agora clique no ícone do facebook para escolher essa rede social para ser vinculada.

PASSO 5

Após esse passo estar concluído, aparecerá uma notificação do instagram confirmando se é realmente essa integração que deverá ser feita, basta concordar e a partir de agora todas as imagens publicadas no aplicativo do instagram ou do facebook irão aparecer em ambos.

Por que sua igreja deve se importar com as redes sociais?

Como já falamos em outros artigos, mais de 90% das pessoas que moram no Brasil e em outras regiões do mundo hoje em dia utilizam frequentemente uma rede social, então se sua igreja quiser se manter conectada com essas pessoas, a melhor maneira de realizar isso é utilizando essas ferramentas que já estão em uso a muito tempo.

É muito mais fácil sua igreja se conectar e alcançar essas almas do que aguardar elas passarem em frente à sua congregação ou ser convidada por alguém.

Além do mais, uma igreja ativa nas redes sociais hoje em dia consegue ter uma comunicação efetiva com toda a membresia da igreja, desde os ministros até os membros que não possuem funções dentro da congregação.

Conclusão

É importantíssimo que sua igreja esteja conectada nos dias atuais, sendo através do site da igreja, das redes sociais da igreja e até mesmo nos aplicativos de comunicações móveis como o whatsapp por exemplo.

A tecnologia veio para ajudar milhares de pessoas e empresas, isso inclui também as igrejas, que irá melhorar a comunicação e se aproximar mais das pessoas.

Utilize o site da igreja e as redes sociais de uma forma sábia e consiga atrair mais almas para o evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo.

Gostou? Compartilhe!
Como tratar os visitantes da igreja?

Como tratar os visitantes da igreja?

Gostou? Compartilhe!

À medida que as épocas festivas se aproximam, as igrejas começam a promover seus eventos, sejam eles de páscoa, natal ou ano novo. Isso é ótimo para as congregações pois gera a oportunidade de trazer muitos visitantes novos para a igreja. As igrejas costumam ter dois grandes desafios, realizar o primeiro contato com esses visitantes e depois manter o contato com os mesmos.

Normalmente as igrejas sempre anotam os nomes dos visitantes para os apresentarem durante o culto, porém se sua igreja neste momento está também pegando endereço e telefone, não faça mais isso! Pegar o endereço e telefone dos visitantes assim que os conhece é muito desconfortável e causa uma péssima primeira impressão, aumentando as chances deles não comparecerem à sua congregação novamente.

Por mais que as igrejas pensem que coletar um maior número de informações no primeiro contato irá facilitar os contatos posteriores, isso é pura enganação, pois o desconforto que irá gerar nos visitantes poderá fazê-los não passar o seu número corretamente ou informar tudo de forma correta mas ficará com uma má impressão, esses dados só se passam quando é para fazer cadastro de algo, como uma assinatura de algum serviço ou se for para o cadastro de membros. Em vez disso utilize o site da sua igreja e as mídias sociais para manter contato com os visitantes, e somente quando eles forem entrar para a membresia da igreja que será necessário pegar mais informações.

As igrejas devem criar uma estratégia para receber os visitantes.

Convide todos os visitantes à curtirem a página da igreja, entrarem no site, seguir as redes sociais e interagir com o público da igreja, isso fará com que os visitantes se sintam mais próximo da igreja do que passar os seus contatos pessoais.

Se conseguir fazer de uma forma agradável, pode ao invés de pegar todos esses dados na primeira vez que o visitante comparecer à igreja, pode perguntá-los apenas o nome e se eles podem passar suas redes sociais para serem seguidos ou se seguiram as páginas da igreja, certamente a resposta será um sim e essa pessoa não ficaria constrangida, muito pelo contrário, hoje em dia todos utilizam internet, elas vão ficar felizes em seguir à sua congregação e fazer parte dela virtualmente, para depois se tornarem membros.

As igrejas devem criar uma estratégia para receber os visitantes de uma forma que eles fiquem interessados em fazer parte da igreja, e a principal forma disso além do culto em que ela está presente, é através da internet, utilizando as redes sociais e site da igreja.

Se for o twitter por exemplo e sua igreja perguntar se pode seguir esse visitante, é como se estivesse perguntando para ela: “podemos fazer parte da sua vida?”. As pessoas gostam de ser respeitadas e de serem importantes, sua igreja demonstrando imenso interesse na vida dela sem parecer de uma forma invasiva fará essa pessoa gostar cada vez mais da sua igreja e se tornar parte dela.

Uma excelente forma de se aproximar do visitante é sempre depois do dia de culto enviar uma mensagem para ela nas redes sociais, sendo no facebook ou pelo twitter, por exemplo: “Muito obrigado nome do visitante por sua presença no culto, que Deus lhe abençoe e permita que você possa nos visitar mais vezes”. Esse é um exemplo perfeito de como se aproximar dos visitantes depois que eles comparecem ao culto da sua igreja, sem se tornar invasivo em suas vidas.

Um dos maiores meios de comunicação são as redes sociais

O grande bônus quando você realiza tal ação, é que além de mostrar como você se importa com seus visitantes, é também divulgar as redes sociais da sua igreja para conseguir atrair novos visitantes e mais pessoas para o evangelho de Cristo.

Um dos maiores meios de comunicação são as redes sociais, sua igreja precisa estar conectada com seus membros para conseguir fazer uma comunicação eficaz, tornando sua comunidade mais ativa e fazendo com que os irmãos sempre fiquem conectados de uma maneira eficiente.

Sabemos que nem todo conteúdo disponível na internet é bom, por isso é o papel da igreja se conectar e fazer a diferença, trazendo sempre uma palavra do Senhor para animar a vida daqueles que choram, fortalecer os que estão fracos e convidar as pessoas que estão perdidas no mundo para ter uma nova vida em Cristo.

Evite os erros mais comuns que as igrejas sempre cometem com seus visitantes, não os pressione para entrar na igreja ou retornar, ore à Deus e espere o momento certo para que isso aconteça. Outras igrejas também tendem a sempre fazer ligações que acabam se tornando um verdadeiro incômodo para a pessoa que já visitou sua igreja, é importante reconhecer o momento certo para fazer uma ligação, por este motivo que é mais aconselhável que sua igreja mantenha contato de forma virtual através das redes sociais, isso dará mais liberdade para as pessoas interagirem de uma forma muito agradável e o melhor, sem parecer um incômodo.

Uma dica de ouro para tratar bem os visitantes quando eles forem à sua igreja, é nunca colocá-los sentados na primeira fileira dos bancos, isso irá gerar um imenso desconforto fazendo com que eles acabem nem se concentrando no culto e na palavra de Deus, mas sim em pensar em alguma maneira de sair daquele local desagradável, pois não estão acostumadas à irem nessa congregação, então não é bom ficarem tão expostas assim em sua primeira visita.

Estratégia importa para o crescimento da Igreja?


Os visitantes fazem parte de todas as igrejas, eles sempre irão aparecer e depois retornar, e alguns podem até mesmo nunca mais voltarem em sua congregação, isso irá depender totalmente de como sua igreja irá tratá-lo, por isso, leia atentamente esse artigo e adapte essas dicas na rotina da sua igreja, certamente Deus irá abençoar e seus visitantes irão ficar mais confortáveis com a congregação.

Gostou? Compartilhe!
Por que as igrejas criticam estratégias e táticas para melhorarem?

Por que as igrejas criticam estratégias e táticas para melhorarem?

Gostou? Compartilhe!

Já ocorreu diversas vezes de algumas igrejas com sua equipe de ministério irem à seminários ou conferências, obterem grandes novas ideias para o seu ministério, aprenderem as melhores estratégias de crescimento e saber as melhores práticas para atuar dentro da casa do Senhor. Porém, não foram poucas as vezes que as demais pessoas não aprovaram as novas ideias, se opondo às novas estratégias e no final nada acontecia e tudo que se era aprendido, não era colocado em prática.

O grande ciclo: Descobrir – Tentar – Falhar e Refletir

Após fracassar em novas tentativas de melhoria para igreja, é necessário passar por um estado de reflexão para conseguir avaliar o que foi que deu errado, por que deu errado, quem foi o culpado, se foi os líderes que não souberam inserir os novos métodos, o povo que não gostou, alguns irmão que se opuseram ou simplesmente porque esse tipo de estratégia não funciona para o público alvo da sua igreja. Porém, eventualmente alguma tática nova ou estratégia de liderança irá aparecer novamente, seja em alguma conferência, reunião de membros entre outros, e após falhar, este ciclo irá se iniciar novamente.

Agora algo que é muito raro mas pode acontecer, é uma igreja fazer com que esse ciclo pare e consiga colocar em prática de forma eficiente tudo que foi aprendido, todas as estratégias e melhores formas de agir na sua localidade, que fará com que seus planos sejam bem sucedidos, sejam eles para atrair mais pessoas, ter uma certa quantidade de membros, de células e por aí vai.

Leva um tempo para que as igrejas percebam, as vezes elas sequer percebem, mas o fator principal que pode fazer as estratégias falharem ou obterem sucesso é tudo uma questão de cultura.

Estratégia na Igreja

A cultura está acima de qualquer tática ou plano de ação que uma igreja queira colocar em prática, não adianta uma igreja implementar algo que não faz parte de sua cultura, apenas porque viu outras igrejas fazendo e obtendo sucesso, e quando falamos de cultura aqui, não estamos nos referindo ao folclore, mas sim a cultura da sua igreja, os seus hábitos, como as pessoas reagem a cada nova ação e assim por diante.

Quando a igreja conseguir entender a sua cultura, como ela foi gerada, como os membros vão à igreja, como é o funcionamento dela, os cultos, festividades entre diversos outros fatores, somente neste momento será possível criar uma estratégia e um plano de ação para que a igreja cresça.

Para simplificar, iremos explicar o que é tática, estratégia e a cultura que sua igreja possa ter.

  • Táticas – Como trabalhamos (práticas e processos)
  • Estratégias – O que queremos alcançar (metas e iniciativas)
  • Cultura – Quem queremos ser (valores e visão)

Se a igreja entender esse conceito, verá que só é possível fazer suas táticas e estratégias funcionarem com base nos seus valores e visão. Um exemplo disso seria como se fosse uma empresa, digamos que os valores dessa empresa é deixar as ruas mais limpas, ela não conseguirá isso se ficar vendendo copos descartáveis e latinhas, pois sabe que infelizmente a cultura das pessoas em algumas partes é jogar o lixo na rua, então ela teria que ser uma empresa de limpeza ou de venda de produtos não descartáveis.

A cultura representa 90% de uma organização, é como se em um iceberg, a cultura fosse toda a parte de baixo que está submersa na água e as táticas e estratégias apenas a ponta que está visível deste iceberg. Adotar táticas e estratégias que não estão alinhadas com a cultura da sua igreja, fará com que repetidamente o ciclo Descobrir Tentar Falhar Refletir aconteça.

A única forma desse ciclo ser quebrado, é basear todas as estratégias e táticas da igreja em sua cultura.

Por exemplo, uma igreja não pode implementar um programa de discipulado quando o discipulado não é um valor da cultura desta igreja.

Se a igreja realmente quiser que uma estratégia de discipulado funcione em sua congregação, ela terá que redefinir a identidade da igreja (cultura), e não apenas implementar novos programas na igreja (táticas).

Uma excelente forma de aprender novas táticas e estratégias que possam funcionar para o ambiente da sua igreja é visitando seminários e conferências, através desses locais será possível conhecer outros pastores com diversas ideias e algumas delas de acordo com sua cultura ou que ajude na mudança da cultura da sua igreja.

Essa foi a primeira parte de uma grande questão, o que vem a seguir é entender o porque das igrejas sempre criticarem essas estratégias para a melhoria da igreja.

Por que as igrejas criticam as mudanças da sua congregação?

É comprovado por diversos estudos que o ser humano se adapta facilmente a um estilo de vida, porém mudar esse estilo de vida causa desconforto e a grande maioria não consegue suportar esse desconforto até que chegue no estágio que seja normal para o seu estilo de vida.

Da mesma forma ocorre nas igrejas, elas estão acostumadas a sempre ter um culto da mesma forma, com uma palavra sempre de benção, com lindos louvores, porém se esse hábito mudar e Deus mandar uma palavra de exortação, muitos não irão gostar e poderão até dizer que essa palavra não veio da parte do Senhor.

Esse é um dos grandes motivos que as igrejas são criticadas quando tentam mudar sua cultura e se adaptar ao novo, mesmo que isso seja uma grande melhoria para a igreja, sempre haverá críticas, até que chegue o ponto que essas críticas não farão mais efeito e todos se acostumarão com a nova cultura da igreja, com seu novo estilo de gestão entre outros.

Por isso, caso alguma igreja que você conheça esteja passando por mudanças, ore primeiro à Deus e depois disso, se adapte às mudanças, não é porque é algo novo que irá fazer mal para sua igreja.

Gostou? Compartilhe!
Como organizar a Tesouraria de uma Igreja

Como organizar a Tesouraria de uma Igreja

Gostou? Compartilhe!

A tesouraria da igreja é um setor importantíssimo para o controle e crescimento financeiro da igreja.

Mas qual a real funcionalidade da tesouraria? Ela serve apenas para contar os dízimos e pagar as contas da igreja? Entenda agora as funções da tesouraria da igreja.

Existem quatro funções essenciais de toda a tesouraria de uma congregação, elas são: administrar pagamentos e recebimentos, captar recursos, aplicar recursos e administrar o fluxo de caixa.

Para uma boa saúde financeira da igreja, é preciso que a tesouraria esteja com esses quatro pilares funcionando perfeitamente, bem alinhadas e com uma gestão eficiente.

Agora que já sabemos quais são os pilares da tesouraria da igreja, vamos às dicas para que a tesouraria esteja sempre bem organizada e funcionando de forma eficiente.

1 – Saiba todos os custos da igreja

Pode parecer até óbvio, mas é importantíssimo relembrar que o primeiro passo para uma tesouraria fazer com que a igreja possua uma boa saúde financeira, é que ela saiba bem separar todas as dívidas dos recebimentos. Somente fazendo isso é possível verificar para onde o dinheiro que entra na igreja está sendo direcionado e quanto o orçamento da igreja está comprometido durante certo período.

Isso poderá evitar novas dívidas e ajudar a criar um plano de ação para quitar dívidas pendentes.

Saiba como dizimar usando a internet.

2 – Planeje os gastos

Como a igreja vive de doações de ofertas e dízimos, é muito provável que ela não apresente um orçamento fixo durante os meses, por isso é necessário que a tesouraria faça um plano de gastos da igreja para 3 meses, 6 meses e 12 meses.

Junte todos os valores de rendimentos médio da igreja e distribua-os durante esse período, dessa forma será possível saber as estimativas de como os gastos devem ser mantidos para cada etapa do ano, permitindo um maior controle para diversas possibilidades de cenários. Além de conseguir entender quais são as dívidas de curto, médio e longo prazo da igreja.

3 – Verifique os extratos bancários

Fazer a conciliação bancária é um dos procedimentos fundamentais para que a tesouraria da sua igreja se mantenha organizada. Dessa forma é possível saber se todos os valores que foram lançados estão de acordo com o extrato bancário da igreja.

É possível entender como estão sendo gastos os valores da igreja e saber se existe algum valor utilizado que não foi planejado, encontrar divergências em valores lançados e ter uma visão geral de como está andando a movimentação financeira da igreja.

Saiba mais sobre administração eclesiástica.

4 – Pague as contas sempre dentro do prazo

Um outro fator essencial para a saúde financeira da igreja é sempre a tesouraria realizar os pagamentos dentro do prazo de vencimento. Quando uma conta é paga após seu vencimento, ela irá acarretar em juros de atraso e multa, em um mês pode ser um valor pequeno, mas se acumular durante o período de um ano a tesouraria conseguirá verificar que uma quantia relevante foi utilizada somente para pagamento de juros e isso pode prejudicar a saúde financeira da igreja.

5 – Identifique para onde o dinheiro está indo

É muito fácil para a igreja conseguir identificar para onde o dinheiro está indo se eles são gastos fixos, como água, luz, telefone, parcelas de empréstimos etc. Porém quando se trata de gastos variáveis, é muito mais complicado saber exatamente para onde está indo cada valor do financeiro da igreja, um exemplo disso são reformas, valores para eventos, festividades ou projetos sociais.

Se houver um detalhamento de todos esses gastos, é possível saber se o valor que está sendo utilizado está realmente sendo feito de maneira eficiente, e assim ajudará a tesouraria a manter seu financeiro organizado e controlado.

6 – Corte despesas não necessárias

Quando a tesouraria sabe exatamente para onde está indo o dinheiro da igreja, é possível que ela verifique uma forma eficiente para reduzir os gastos, a fim de sobrar mais dinheiro para eventuais despesas da igreja.tr

Quando se obtém um corte de gastos que não são necessários, é possível sobrar mais dinheiro para ser utilizado futuramente caso a igreja esteja passando por um momento de necessidade financeira ou precise realizar uma obra, comprar novos equipamentos ou ajudar os membros e instituições de caridade.

Doação online para igrejas.

7 – Preste contas sempre que possível

Sempre que você consegue prestar contas para a igreja, você ajuda a se organizar pois irá lembrar de todos os procedimentos realizados até então. Isso irá manter a tesouraria da sua igreja da melhor forma, pois saberá que será necessário prestar contas e mostrar o andamento financeiro da igreja com regularidade.

Se os processos financeiros estiverem em dia, a gestão se tornará além de mais eficiente, também será mais transparente para a igreja.

8 – Planeje investimento para o futuro da igreja

É sempre importante possuir um dinheiro investido e guardado para futuros planejamentos da igreja, sejam eles reformas, festividades, projetos sociais ou até mesmo modernização da igreja, melhorando o site ou os instrumentos, para isso ocorrer de forma eficaz é necessário planejar bem o valor da igreja, para trazer mais benefícios para nossos irmãos.

Se a sua igreja possuir uma boa saúde financeira, sempre será possível melhorar a igreja sem comprometer o orçamento e atrapalhar o fluxo de caixa, faça investimentos saudáveis para a casa do Senhor.

Saiba tudo sobre relatório de culto.

9 – Acompanhe todas as mudanças da igreja

Após a tesouraria da sua igreja ficar organizada da melhor maneira, é necessário manter essa organização através dos acompanhamentos dos gastos, pois essas mudanças ocorrem frequentemente. Se você mantiver um acompanhamento dos valores em tempo real, será mais fácil identificar soluções financeiras que poderiam ser muito problemáticas e até mesmo ameaçar toda a gestão do financeira da sua igreja.

Às vezes uma cobrança indevida pode ocorrer ou uma conta vir duplicada, se não estiver atento a esses pequenos detalhes, é possível que sua igreja gaste mais do que o necessário e saia do orçamento previsto para o mês corrente.

10 – Guarde os dados financeiros de forma eficiente

É imprescindível que todo o seu trabalho realizado na tesouraria seja guardado de uma forma eficiente, desde os comprovantes de pagamentos até as análises de fluxo de caixa, depósitos e relatórios realizados periodicamente. Possuir esse tipo de cuidado irá permitir que sejam verificados as tendências no balanço anual, fazendo com que a tesouraria se mantenha sempre organizada e com uma gestão eficiente.


Seguindo estes 10 passos sua tesouraria estará sempre organizada de forma eficiente e a saúde financeira da sua igreja estará sempre bem.

Uma dica para guardar os dados financeiros da sua igreja é utilizar sistemas online, eles permitem que todos os dados salvos não sejam perdidos e possam ser acessados de qualquer lugar, permitindo que você tenha um maior controle do financeiro da sua igreja mesmo não estando dentro da casa do Senhor.

Gostou? Compartilhe!
10 ideias para o facebook da sua igreja

10 ideias para o facebook da sua igreja

Gostou? Compartilhe!

Muito do que nós já sabemos sobre o cristianismo está presente no nosso dia a dia e é tão comum que às vezes nem percebemos, é muito importante que nós cumprimentemos nossos irmãos na igreja e fora dela, mas um ponto importante é que também devemos falar e dar atenção aos nossos irmãos que estão precisando através da internet também, seja pelo facebook ou outros meios de comunicação.

Diariamente é possível verificar as igrejas realizando um excelente trabalho de divulgação de suas congregações, sejam através de cultos em praças, evangelização em comunidades, festividades, sites na internet, página no facebook e diversas outras formas que permite que a igreja sempre mantenha a sua divulgação de maneira uniforme. Porém muitas igrejas não conseguem realmente fazer um eficiente trabalho de divulgação, e pior ainda, às vezes até mesmo atrapalham sua congregação com divulgações feitas com uma boa intenção, mas que são mal interpretadas.

Realizando uma divulgação ruim da sua igreja ou não fazer nenhuma divulgação, poderá acarretar em visitantes se tornando cada vez mais distantes e até mesmo a saída de alguns membros que nunca conseguem enxergar um crescimento dentro da igreja. Isso não é nada bom.

Há muitos elementos disponíveis atualmente que ajudam a manter os membros dentro da igreja ou pelo menos aumentar sua interação com outros membros. Seja concedendo aos membros um alimento espiritual (embora o alimento físico também ajuda), auxiliá-los em momentos de necessidades e ajudando-os a sempre crescer, tanto espiritualmente como pessoalmente. Essas são atitudes muito importantes que cada igreja precisa fazer para que seus membros se mantenham dentro da congregação.

Porém, talvez a mais importante de todas, seja a igreja se manter conectada e em comunicação com todos os seus membros. As mídias sociais, incluindo o facebook, pode ter um papel importantíssimo neste quesito, fazendo com que seus membros sempre se mantenham próximos à igreja, interagindo com outros membros e os aproximando da liderança da igreja também.

Mas é aí que se encontra o grande ponto, muitas igrejas hoje em todo o Brasil ainda não sabem utilizar a internet à seu favor, não conseguem ter um site interativo com os seus membros, não mantém a comunicação ativa com os frequentadores da congregação, é por isso que este artigo irá fornecer algumas dicas e conselhos para que a interação de sua igreja melhore e muito, tanto com os membros quanto com os visitantes.

Devo criar perfil ou fanpage no facebook?
Se você não sabe a diferença entre fanpage e perfil, clique no link acima.

Ideias para sua igreja ter uma comunicação digital melhor

  1. Utilize suas ferramentas de mídia social para a interação total com a igreja, reportando notícias, informações úteis, transmitir cultos online e também a agenda da igreja;

  2. Verifique se existem sites ou grupos em que os membros estejam interagindo e se junte a eles, é muito mais fácil a liderança se juntar à um grupo que já está em funcionamento do que criar um novo e recrutar todo o povo.

  3. Esteja sempre atento ao assunto que os membros do grupo estão conversando no momento, é sempre importante se juntar à eles nesses assuntos. Além de melhorar a interação da igreja com os membros, ele também irá possibilitar diversas novas ideias de conteúdos relevantes da igreja que as pessoas estão interessadas, fazendo com que elas interajam com este conteúdo.

  4. Acompanhe e participe de discussões saudáveis com os membros do grupo, verifique o assunto mais comentado no momento e interaja com eles.

  5. Forneça novas ideias e peça a opinião das pessoas, pergunte à elas como está o site da igreja, o facebook, o que pode ser feito para ficar melhor, peça avaliação sobre os cultos, eventos e festividades. Além de permitir sempre uma melhora, é possível também fazer de uma maneira sempre melhor, afinal sempre poderá haver algo que pode não agradar alguém.

  6. Mantenha as pessoas informadas com atualizações e discussões regulares sobre projetos e ministérios em andamento em curso. Uma outra maneira eficaz de fazer isso acontecer é acrescentar os responsáveis envolvidos à participarem do grupo de discussão para para encorajar os membros envolvidos nesses projetos e ministérios a contribuir também. Então, nem sempre é apenas a liderança da igreja publicar coisas. Os membros podem contribuir com histórias, fotos, vídeos e até mesmo com as postagens de atualização.

  7. Ajude a construir relacionamentos, incentivando os membros a se conectar uns com os outros, se conhecendo melhor e crescendo cada vez mais em cristo.

Essas dicas são muito importantes para todas as igrejas nos dias de hoje conseguir manter uma comunidade ativa no facebook e mais do que isso, permitindo que os irmão sempre interajam entre si é uma excelente forma de fazê-los se aproximar cada vez mais de Deus.

“Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união”
Salmos 133:1

Segue agora mais três dicas bônus:

    1. Auxilie e facilite que os membros se ajudem publicando informações sobre as necessidades dos mesmos. Além disso, forneça um caminho para os membros postarem sobre as necessidades também. Por exemplo, Fabio e Fernanda podem ter seu primeiro bebê e realmente podem usar um berço. Um dos outros membros pode ter um berço, eles não estão mais usando o que tem e poderiam doar. Ou então realizando uma campanha de agasalho e roupas e precisa da doação dos membros, tudo isso é possível através da comunicação nas redes sociais.

    2. Pergunte aos membros quais tópicos eles gostariam de ouvir em sermões ou discutirem em um estudo da Bíblia. Pastor, se você já teve problemas com sermões, esta é uma ótima fonte de idéias. Isso também garante que os Pastores e os estudos bíblicos abordem os temas e questões mais próximas dos corações dos membros.

    3. De um modo geral, as pessoas gostam de ser notadas e querem sentir que os membros da igreja (especialmente o Pastor e os líderes) sabem quem são. É por isso que lembrar-se do nome de alguém quando eles retornam para uma segunda visita a uma igreja é tão impactante para as pessoas. Ao destacar os membros e visitantes, você pode demonstrar que a igreja sabe quem eles são e se importa. Ao incluir uma biografia curta no centro das atenções, você pode demonstrar que você tomou o tempo para aprender sobre elas. Esta é também uma ótima maneira de reconhecer os membros pela forma como eles podem estar servindo na igreja, algo especialmente importante quando eles estão fazendo as tarefas que não são percebidas.

    4. Transmita culto ao-vivo.

    5. Saiba tudo sobre Marketing religioso.

    6. E-mail marketing dentro da Igreja.

Suporte para igrejas - SerDivino

Gostou? Compartilhe!